Mudanças no secretariado devem acontecer dia 15

Mudanças no primeiro e segundo escalão do governo baiano devem acontecer até o próximo dia 15. Secretários e dirigentes da gestão estadual, devem se desincompatibilizar de seus cargos para concorrerem às vagas de deputado estadual e federal

Mudanças no primeiro e segundo escalão do governo baiano devem acontecer até o próximo dia 15. Secretários e dirigentes da gestão estadual, devem se desincompatibilizar de seus cargos para concorrerem às vagas de deputado estadual e federal
Mudanças no primeiro e segundo escalão do governo baiano devem acontecer até o próximo dia 15. Secretários e dirigentes da gestão estadual, devem se desincompatibilizar de seus cargos para concorrerem às vagas de deputado estadual e federal (Foto: Voney Malta)

Bahia247 - O primeiro e o segundo escalão do Governo da Bahia sofrerão mudanças até o próximo dia 15, segundo notícia divulgada por Lílian Machado, da Tribuna da Bahia (tribunadabahia.com.br). Secretários e dirigentes da gestão estadual devem se desincompatibilizar para disputar as eleições, exigindo novas escolhas por parte do governador Jaques Wagner (PT).

Só deverão passar mais tempo em seus postos o secretário da Casa Civil, Rui Costa (PT), candidato ao governo, e o vice-governador Otto Alencar (PSD), postulante ao Senado, que ficam até abril.

Muitos petistas que ainda não se sentiram contemplados pelo governo e estariam de olho nos cargos, contudo, conforme já teria adiantado o governador, o desenho das relações partidárias não deve mudar muito.

"A primeira mudança pode ser anunciada nos próximos dias na Secretaria de Turismo. Com a saída de Domingos Leonelli, indicação do PSB, partido da senadora Lídice da Mata, as portas podem se abrir para o PR, do ministro dos Transportes, César Borges.

O partido almeja mais espaço na administração e consta que o governador já teria sinalizado essa pasta para os republicanos", diz a notícia.

Há rumores, entretanto, que o partido desejaria também a presidência da Bahiatursa. Wagner ainda não teria batido o martelo sobre o nome do PR que irá para a Companhia de Desenvolvimento (Conder), com quadro indicado pela sigla.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247