Multidão já espera Lula no novo Velho Chico

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já chegou a Campina Grande (PB), de onde seguiu para Monteiro (PB), onde fará, nesta tarde, a inauguração popular da transposição do São Francisco; no local da cerimônia, uma multidão já se aglomera e se banha nas águas do novo Velho Chico; evento desta tarde, com a presença da presidente deposta Dilma Rousseff, do presidenciável Ciro Gomes e de quatro governadores marca o início da caminhada de Lula para tentar reconquistar o Palácio do Planalto

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já chegou a Campina Grande (PB), de onde seguiu para Monteiro (PB), onde fará, nesta tarde, a inauguração popular da transposição do São Francisco; no local da cerimônia, uma multidão já se aglomera e se banha nas águas do novo Velho Chico; evento desta tarde, com a presença da presidente deposta Dilma Rousseff, do presidenciável Ciro Gomes e de quatro governadores marca o início da caminhada de Lula para tentar reconquistar o Palácio do Planalto
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já chegou a Campina Grande (PB), de onde seguiu para Monteiro (PB), onde fará, nesta tarde, a inauguração popular da transposição do São Francisco; no local da cerimônia, uma multidão já se aglomera e se banha nas águas do novo Velho Chico; evento desta tarde, com a presença da presidente deposta Dilma Rousseff, do presidenciável Ciro Gomes e de quatro governadores marca o início da caminhada de Lula para tentar reconquistar o Palácio do Planalto (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Aquiles Lins, enviado especial a Monteiro (PB)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já chegou a Campina Grande (PB), de onde seguiu para Monteiro (PB), onde fará, nesta tarde, a inauguração popular da transposição do São Francisco.

Uma multidão está concentrada o longo do canal do rio Paraíba, que está perene graças à transposição do São Francisco.

Evento desta tarde, com a presença da presidente deposta Dilma Rousseff, do presidenciável Ciro Gomes e de quatro governadores marca o início da caminhada de Lula para tentar reconquistar o Palácio do Planalto.

Idealizada desde o tempo do Império, a obra saiu do papel no governo Lula e foi construída na gestão de Dilma Rousseff.

Entre os moradores, os sentimentos predominantes são de gratidão pela obra e esperança em relação ao futuro.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247