Municípios menores têm maior crescimento do PIB

Dados divulgados pela FEE em parceira com o IBGE mostra que as cidades de Muçum (50,9%), Camargo (45,3%), Canudos do Vale (44,4%), Poço das Antas (43,3%) e Tabaí (43,2%) foram as que apresentaram maiores crescimento relativo do PIB no RS, em 2012; levantamento aponta, ainda, que 30% dos municípios do Rio Grande do Sul apresentam PIB per capita superiores ao nacional; o Rio Grande do Sul tem seis municípios no ranking das cem cidades com maior participação do PIB no Brasil    

Dados divulgados pela FEE em parceira com o IBGE mostra que as cidades de Muçum (50,9%), Camargo (45,3%), Canudos do Vale (44,4%), Poço das Antas (43,3%) e Tabaí (43,2%) foram as que apresentaram maiores crescimento relativo do PIB no RS, em 2012; levantamento aponta, ainda, que 30% dos municípios do Rio Grande do Sul apresentam PIB per capita superiores ao nacional; o Rio Grande do Sul tem seis municípios no ranking das cem cidades com maior participação do PIB no Brasil
 
 
Dados divulgados pela FEE em parceira com o IBGE mostra que as cidades de Muçum (50,9%), Camargo (45,3%), Canudos do Vale (44,4%), Poço das Antas (43,3%) e Tabaí (43,2%) foram as que apresentaram maiores crescimento relativo do PIB no RS, em 2012; levantamento aponta, ainda, que 30% dos municípios do Rio Grande do Sul apresentam PIB per capita superiores ao nacional; o Rio Grande do Sul tem seis municípios no ranking das cem cidades com maior participação do PIB no Brasil     (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sul 21 - Na lista dos dez municípios de maior crescimento no PIB gaúcho em 2012 apenas um – Ivoti – possui mais de cinco mil habitantes. Os números do desempenho econômico, levando-se em consideração a distribuição da riqueza por número de habitantes, foram apresentados na manhã desta quinta-feira (12) pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), em conjunto com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As estimativas preliminares do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios do Estado referem-se ao ano de 2012, juntamente com as revisões dos valores do ano de 2011. O dinamismo da economia gaúcha, mostrando que não se baseia apenas em um setor, e o crescimento significativo no PIB dos pequenos municípios são os destaques do estudo.

Muçum (50,9%), Camargo (45,3%), Canudos do Vale (44,4%), Poço das Antas (43,3%) e Tabaí (43,2%) foram os cinco municípios com maior crescimento relativo do PIB no RS, em 2012. Trata-se de municípios pequenos, tanto em termos de PIB quanto de população. Dentre os 10 municípios de maior crescimento, apenas Ivoti, com crescimento nominal de 34,2%, possuía mais de cinco mil habitantes.

No que se refere ao PIB per capita dos municípios, o maior do RS segue sendo o de Triunfo (R$ 230.483,69), devido às atividades do Polo Petroquímico. Na sequência, figuram Pinhal da Serra (R$ 86.506,48), Aratiba (R$ 69.760,55), Muitos Capões (R$ 61.150,80) e Nova Bassano (R$ 55.147,36). Na outra ponta o PIB por habitante é menor em Caraá (R$ 8.296,92), Alvorada (R$ 8.599,33), Redentora (R$ 9.336,67), Itati (R$ 9.387,89) e Benjamin Constant do Sul (R$ 9.559,82).

Perfil dos maiores

Entre os dez maiores municípios do Estado, Canoas foi o que mais perdeu participação no PIB em 2012, muito em função do desempenho negativo da atividade de refino de petróleo, sua principal atividade industrial. Mas ainda manteve a terceira colocação no ranking. Passo Fundo (6º) apresentou crescimento de 25,8% e ultrapassou Triunfo (7º), Novo Hamburgo (8º) e Pelotas (9º) entre as maiores economias do RS. Os dez maiores, em 2012, eram responsáveis por 44,75% do PIB estadual.

O PIB dos dez maiores municípios é, em geral, baseado na indústria e em serviços, com uma pequena participação da agropecuária no valor adicionado. O setor de serviços destaca-se como a atividade mais importante nesses municípios, sendo responsável pela maior parte do valor gerado. Destaca-se também o fato de que são municípios bastante populosos, com população superior a 100 mil habitantes, com exceção de Triunfo.

Nacional

De acordo com o IBGE, 30% dos municípios do Rio Grande do Sul apresentam PIB per capita superiores ao nacional. O Rio Grande do Sul tem seis municípios no ranking das cem cidades com maior participação do PIB no Brasil. Melhor colocada ficou Porto Alegre, em sétima posição. Seguida por Caxias do Sul (35º), Canoas (38º), Rio Grande (75º), Gravataí (88º) e Passo Fundo (98º).

O Estado está entre os três com menor concentrações de renda do País (34,4%), perdendo apenas para Minas Gerais (34,4%). Ou seja, a renda é mais bem distribuída, tendo menos diferenças entre os mais pobres e os mais ricos.
Para acessar todas as tabelas do estudo clique aqui. A metodologia utilizada destaca os valores nominais do PIB das cidades gaúchas, ou seja, além da variação de volume da riqueza gerada, leva em conta também a variação dos preços em cada um dos municípios pesquisados.

*Com informações do Portal do Governo do Estado do RS

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247