Na Câmara, Vecci acusa perseguição do PT a Marconi

Deputado federal Giuseppe Vecci utilizou o pequeno expediente do plenário da Câmara Federal para falar de sua indignação ao saber que, em delação premiada, o senador Delcídio do Amaral confirmou que o ex-presidente Lula nutria ódio pelo governador Marconi Perillo; “Olha que absurdo a delação premiada, onde Delcídio afirma que Lula fez a CPI dos Bingos só para pegar o governador Marconi. Como não ocorreu, e como a CPI chegava mais perto dos financiadores da campanha da presidente Dilma, ele mandou acabar com a CPI”

vecci
vecci (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) utilizou o pequeno expediente do plenário da Câmara Federal para falar de sua indignação ao saber que, em delação premiada, o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) confirmou que o ex-presidente Lula nutria ódio pelo governador Marconi Perillo (PSDB).

“Olha que absurdo a delação premiada, onde Delcídio afirma que Lula fez a CPI dos Bingos só para pegar o governador Marconi. Como não ocorreu, e como a CPI chegava mais perto dos financiadores da campanha da presidente Dilma, ele mandou acabar com a CPI”, criticou Vecci no plenário da Câmara na tarde desta terça-feira (15).

Para Vecci, é inimaginável pensar que um presidente da República preparou a criação de CPI para perseguir um governador eleito democraticamente. “E assim Lula fez porque Marconi o avisou, em Goiás, que havia um mensalão. E ele nunca perdoou Marconi por isso”.

Veja:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247