Na Holanda, Marconi visita grande centro logístico

Governador abriu nesta segunda-feira a agenda da Missão Europa na Holanda com visita técnica ao Greenport Venlo, um dos maiores parques agroindustriais e logísticos da Europa, localizado na cidade Horst aan de Maas; Marconi e os demais integrantes da delegação de Goiás conheceram as instalações, os detalhes de operação e a tecnologia embarcada no complexo, com o objetivo de replicar o modelo em Anápolis; Holanda é hoje o principal destino das exportações de Goiás; mais de 80% da produção goiana endereçada à Europa chega via o porto de Roterdã

Governador abriu nesta segunda-feira a agenda da Missão Europa na Holanda com visita técnica ao Greenport Venlo, um dos maiores parques agroindustriais e logísticos da Europa, localizado na cidade Horst aan de Maas; Marconi e os demais integrantes da delegação de Goiás conheceram as instalações, os detalhes de operação e a tecnologia embarcada no complexo, com o objetivo de replicar o modelo em Anápolis; Holanda é hoje o principal destino das exportações de Goiás; mais de 80% da produção goiana endereçada à Europa chega via o porto de Roterdã
Governador abriu nesta segunda-feira a agenda da Missão Europa na Holanda com visita técnica ao Greenport Venlo, um dos maiores parques agroindustriais e logísticos da Europa, localizado na cidade Horst aan de Maas; Marconi e os demais integrantes da delegação de Goiás conheceram as instalações, os detalhes de operação e a tecnologia embarcada no complexo, com o objetivo de replicar o modelo em Anápolis; Holanda é hoje o principal destino das exportações de Goiás; mais de 80% da produção goiana endereçada à Europa chega via o porto de Roterdã (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo abriu nesta segunda-feira (26) a agenda da Missão Europa na Holanda com visita técnica ao Greenport Venlo, um dos maiores parques agroindustriais e logísticos da Europa, localizado na cidade holandesa de Horst aan de Maas. Marconi e os demais integrantes da delegação de Goiás conheceram as instalações, os detalhes de operação e a tecnologia embarcada no complexo, com o objetivo de replicar o modelo em Anápolis.

A delegação goiana foi recebida pelo prefeito de Horst aan de Maas, Kees van Rooij, e pelo secretário de Desenvolvimento de Negócios do Greenport Venlo, Leopold Hermans. O governador estava acompanhado do embaixador do Brasil nos Países Baixos, Piragide Tarragô, e do prefeito de Anápolis, João Gomes (PT). O objetivo da delegação goiana é estreitar as relações comerciais e econômicas entre Goiás e o parque holandês, com o objetivo de replicar a expertise de funcionamento em Anápolis, que abriga o maior centro logístico da região Centro-Oeste.

O Greenport Venlo está estrategicamente localizado na fronteira da Holanda com a Alemanha, a 168 km da capital holandesa Amsterdã, a 160 km do Porto de Roterdã, e a 68 km da cidade alemã de Düsseldorf, um dos centros urbanos mais desenvolvidos e dinâmicos da Europa. Segundo o governador, o Greenport "está para a Europa assim como Anápolis está para o Centro-Norte do Brasil", daí a importância de o Governo de Goiás estreitar as relações comerciais e econômicas com a administração do parque e com as empresas instaladas no complexo”, observou.

Na reunião de trabalho com o prefeito e o secretário de Desenvolvimento de Negócios de Venlo, Marconi falou sobre o Aeroporto de Cargas, a Plataforma Logística e Porto Seco, todos localizados em Anápolis. E deu detalhes sobre o funcionamento e a movimentação comercial da plataforma e do Porto Seco, observando que os resultados alcançados pelo Greenport Venlo serão usados como referenciais para o aperfeiçoamento e o aumento da competitividade do polo logístico goiano.

Após a visita ao Greenport Venlo, o governador e a delegação seguiram para a cidade de Eindhoven, onde visitaram as instalações do High Tech Campus Eindhoven, um dos maiores centros de inovação tecnológica voltada para o desenvolvimento econômico. O campus de inovação reúne 135 empresas e institutos inovadores e mais de 10 mil pesquisadores e desenvolvedores de produtos e soluções tecnológicas. No complexo estão instaladas gigantes da inovação tecnológica, como Philips, IBM e Intel.

A Holanda é hoje o principal destino das exportações de Goiás. Mais de 80% da produção goiana endereçada à Europa chega via o porto de Roterdã, o maior do continente. De lá é distribuída para dezenas de países do continente e alguns do Oriente Médio. Em 2014, as vendas goianas para o país somaram 651,4 milhões de dólares, contra 52,1 milhões de dólares de importação (saldo de 599,3 milhões de dólares).

O bagaço de soja é o principal produto (344 de dólares milhões), seguido do ferro-níquel (74,5 milhões dólares) e ferro-nióbio (59,4 milhões de dólares). Na importação, os insumos farmacêuticos, como preparação química e hormônios, são o carro-chefe. A Holanda fechou 2014 com o PIB de 866 bilhões de dólares, após crescer 1%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247