“Não querem que Lula continue trabalhando pelos mais pobres”, diz Wellington

Na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Paulo, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirma pelas redes sociais que Lula não cometeu nenhum crime e que o que querem é humilhá-lo; para ele, "o que está por trás dessa decisão é claro: não querem que o Lula continue apoiando e trabalhando pelos mais pobres"; Wellington apela aos brasileiros para que reajam ao "ódio" gratuito que vem sendo disseminado no país

Na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Paulo, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirma pelas redes sociais que Lula não cometeu nenhum crime e que o que querem é humilhá-lo; para ele, "o que está por trás dessa decisão é claro: não querem que o Lula continue apoiando e trabalhando pelos mais pobres"; Wellington apela aos brasileiros para que reajam ao "ódio" gratuito que vem sendo disseminado no país
Na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Paulo, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirma pelas redes sociais que Lula não cometeu nenhum crime e que o que querem é humilhá-lo; para ele, "o que está por trás dessa decisão é claro: não querem que o Lula continue apoiando e trabalhando pelos mais pobres"; Wellington apela aos brasileiros para que reajam ao "ódio" gratuito que vem sendo disseminado no país (Foto: Voney Malta)

Piauí Hoje - O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), está na sede do Sindicato dos Metalúrgico de São Paulo,ao lado do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, que passou a noite recebendo a solidariedade de amigos e correligionários. Wellington Dias postou um "desabafo" nas redes sociais,sobre a tentativa de "humilhação" contra um dos maiores líderes do país.

"Um momento triste para a democracia do nosso Brasil! O Lula não cometeu nenhum crime, não deveria ser condenado e muito menos preso quando o processo ainda está em julgamento. O quequerem é humilhar um dos maiores líderes do nosso país! Todos sabem a importância dele para a geopolítica mundial. O que está por trás dessa decisão é claro: não querem que o Lula continue apoiando e trabalhando pelos mais pobres", postou o governador. (Leia a reportagem na íntegra do Piauí Hoje)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247