“Não vamos nos deixar levar por quem não tem compromisso com o TO”

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), mandou um recado que pode ter sido direcionado ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), um dos possíveis adversários adversário próximo ano; "Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública"; "Não vamos nos deixar levar por aqueles que não tem compromisso com o Tocantins, com Palmas. Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública", afirmou

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), mandou um recado que pode ter sido direcionado ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), um dos possíveis adversários adversário próximo ano; "Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública"; "Não vamos nos deixar levar por aqueles que não tem compromisso com o Tocantins, com Palmas. Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública", afirmou
O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), mandou um recado que pode ter sido direcionado ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), um dos possíveis adversários adversário próximo ano; "Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública"; "Não vamos nos deixar levar por aqueles que não tem compromisso com o Tocantins, com Palmas. Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública", afirmou (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), mandou nesta terça-feira (3) um recado que pode ter sido direcionado ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), um dos possíveis adversários adversário próximo ano. "Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública", acrescentou.

Em dois evento do PSB, em setembro, o prefeito de Palmas deu ênfase ao discurso do "novo" contra a 'tradicional classe política' do Tocantins e para isso questionou o histórico de Marcelo Miranda. "Uma porcaria (sic) de um governador que vem e fala ‘tem que respeitar minha história’. Qual história, infeliz? Criminoso. O quanto roubou, roubou, roubou e continua roubando. Tem que respeitar o povo que o elegeu", disse Amastha em um dos encontros.

Marcelo rebateu. "Não vamos nos deixar levar por aqueles que não tem compromisso com o Tocantins, com Palmas. Dizem por aí que nós não temos história. Eu tenho mais de 20 anos de vida pública. Aqui construí minha família e não tenho vergonha de dizer para minha mulher e meus filhos que está valendo a pena defender uma bandeira que foi construída com muito suor e dedicação pelos homens de bem deste Estado", complementou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247