No Recôncavo, Rui reabre hospital e entrega viaturas para as polícias

Fechado há quase três anos, a reabertura do Hospital Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Cruz das Almas, vai disponibilizar 70 leitos para a população do Recôncavo Baiano; para o governador Rui Costa, no Brasil, adotou-se uma lógica de se distribuir hospitais por todas as cidades e isso é dinheiro do povo desperdiçado; "ao invés de ter hospitais nas cidades que não fazem cirurgia e não resolvem nada, é melhor ter apenas um que faz o que o povo da região precisa. Saúde é algo muito caro. Então, é preciso montar uma estrutura de saúde regional”; Rui também entregou viaturas paras as polícias Civil e Militar

Fechado há quase três anos, a reabertura do Hospital Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Cruz das Almas, vai disponibilizar 70 leitos para a população do Recôncavo Baiano; para o governador Rui Costa, no Brasil, adotou-se uma lógica de se distribuir hospitais por todas as cidades e isso é dinheiro do povo desperdiçado; "ao invés de ter hospitais nas cidades que não fazem cirurgia e não resolvem nada, é melhor ter apenas um que faz o que o povo da região precisa. Saúde é algo muito caro. Então, é preciso montar uma estrutura de saúde regional”; Rui também entregou viaturas paras as polícias Civil e Militar
Fechado há quase três anos, a reabertura do Hospital Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Cruz das Almas, vai disponibilizar 70 leitos para a população do Recôncavo Baiano; para o governador Rui Costa, no Brasil, adotou-se uma lógica de se distribuir hospitais por todas as cidades e isso é dinheiro do povo desperdiçado; "ao invés de ter hospitais nas cidades que não fazem cirurgia e não resolvem nada, é melhor ter apenas um que faz o que o povo da região precisa. Saúde é algo muito caro. Então, é preciso montar uma estrutura de saúde regional”; Rui também entregou viaturas paras as polícias Civil e Militar (Foto: Voney Malta)

Bahia 247 - Mais uma unidade de saúde está pronta para atender a população do Recôncavo Baiano, com a reabertura do Hospital Nossa Senhora do Bom Sucesso. A unidade foi reinaugurada neste sábado (11), pelo governador Rui Costa, que também entregou oito viaturas para as polícias Civil e Militar de municípios da região.

Rui ainda autorizou a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), a formalizar contratos com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), além de convênios, por meio do programa Bahia Produtiva, com 12 associações e cooperativas de Cruz das Almas e municípios vizinhos.

Administrado pela Santa Casa de Cruz das Almas, o hospital - que estava fechado há quase três anos - possui 70 leitos e é referência na atenção à gestação de alto risco. Na visita, Rui desafiou o município a construir mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal e 17 de UTI semi-intensiva, garantindo o investimento do Governo do Estado em equipamentos.

Segundo o governador, no Brasil, adotou-se uma lógica de se distribuir hospitais por todas as cidades. "Isso é dinheiro do povo desperdiçado. Ao invés de ter hospitais nas cidades que não fazem cirurgia e não resolvem nada, é melhor ter apenas um que faz o que o povo da região precisa. Saúde é algo muito caro. Então, é preciso montar uma estrutura de saúde regional", afirmou.

Rui comentou ainda que a regionalização da saúde está em andamento, inclusive com a construção de policlínicas. "Já vamos inaugurar as quatro primeiras em breve. Eu volto aqui nos próximos dias para autorizar a construção da Policlínica Regional do Recôncavo da Bahia. São R$ 22 milhões em cada policlínica, entre construção e equipamentos".

De acordo com o secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas, a Santa Casa está sendo reaberta por meio de dois contratos com o Estado - um para cirurgias ortopédicas e internações de obstetrícia e o outro contrato será para cirurgias eletivas. "Estão sendo investidos R$ 600 mil por mês, totalizando R$ 7,2 milhões por ano, para que a Santa Casa seja totalmente sustentável".

A dona de casa Rosália da Silva, 35 anos, tem um filho pequeno e aprovou a reabertura da Santa Casa. "Aqui tem muitas mães que precisavam ir para longe procurar tratamento. Ninguém mais vai precisar sair daqui. Vai ter maternidade, vai ter tudo".

Bahia Produtiva

O governador também explicou por que autorizou os convênios, que totalizam R$ 3 milhões, para assistência técnica e apoio à agricultura familar. "A Bahia é o estado que tem o maior número de agricultores familiares. São 3 milhões de baianos que vivem da agricultura familiar. Não dá para pensar em desenvolver a Bahia sem melhorar a vida dos agricultores. Se o agricultor produzir melhor, ele vai ganhar mais, vai gastar o dinheiro na cidade, o comércio vai vender mais e vai empregar mais. A economia fica mais forte e a cidade melhora".

Com assessoria

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247