Nova Direção Penitenciária endurece contra presos perigosos

O novo diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, e o tenente-coronel Newton Castilho, que assume a Superintendência Executiva da SSP, concederam entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (05/01), durante a solenidade de posse; o coronel afirmou que estava mandando um "recado" ao detentos; a partir de agora a direção penitenciária passa a controlar de forma rigorosa o cumprimento da pena do detento; Edson Costa afirmou que aqueles presos que não "se submeterem ao rigor da lei, os que estão envolvidos com facções e querem tumultuar o sistema" serão transferidos para os chamados "presídios estaduais", que estão em construção em Anápolis, Formosa, Águas Lindas, Novo Gama e Planaltina

O novo diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, e o tenente-coronel Newton Castilho, que assume a Superintendência Executiva da SSP, concederam entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (05/01), durante a solenidade de posse; o coronel afirmou que estava mandando um "recado" ao detentos; a partir de agora a direção penitenciária passa a controlar de forma rigorosa o cumprimento da pena do detento; Edson Costa afirmou que aqueles presos que não "se submeterem ao rigor da lei, os que estão envolvidos com facções e querem tumultuar o sistema" serão transferidos para os chamados "presídios estaduais", que estão em construção em Anápolis, Formosa, Águas Lindas, Novo Gama e Planaltina
O novo diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, e o tenente-coronel Newton Castilho, que assume a Superintendência Executiva da SSP, concederam entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (05/01), durante a solenidade de posse; o coronel afirmou que estava mandando um "recado" ao detentos; a partir de agora a direção penitenciária passa a controlar de forma rigorosa o cumprimento da pena do detento; Edson Costa afirmou que aqueles presos que não "se submeterem ao rigor da lei, os que estão envolvidos com facções e querem tumultuar o sistema" serão transferidos para os chamados "presídios estaduais", que estão em construção em Anápolis, Formosa, Águas Lindas, Novo Gama e Planaltina (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O novo diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, e o tenente-coronel Newton Castilho, que assume a Superintendência Executiva da SSP, concederam entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (05/01), durante a solenidade de posse.

“Este é um momento difícil, mas que propicia grandes realizações. Goiás tem a competência e saberá dar os encaminhamentos necessários para superar problemas”, afirma coronel Edson Costa.

“Hoje nasce uma figura organizacional importante que estabelece a competência para gestão do preso, fato fundamental para a gestão das crises. Esta é uma pirâmide que vai proporcionar condições em que possamos segregar presos de alto periculosidade, por exemplo”, disse Costa.

O coronel afirmou que estava mandando um "recado" ao detentos. A partir de agora a direção penitenciária passa a controlar de forma rigorosa o cumprimento da pena do detento. Edson Costa afirmou que aqueles presos que não "se submeterem ao rigor da lei, os que estão envolvidos com facções e querem tumultuar o sistema" serão transferidos para os chamados "presídios estaduais", que estão em construção em Anápolis, Formosa, Águas Lindas, Novo Gama e Planaltina. 

O novo diretor também reforçou que esses presos perigosos serão mantidos nos novos presídios, distantes do núcleo familiar, por tempo indeterminado e não só por um período disciplinar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247