Nova fase da Lava jato prende cinco no RS

Denominada de Operação 'Câmbio, Desligo', os policiais federais cumpriram cinco mandados de prisão preventiva em Porto Alegre; ação é um desdobramento da Lava Jato; os alvos são clientes de doleiros que atuavam com remessa ilegal e lavagem de dinheiro no exterior; os suspeitos integravam um sistema chamado Bank Drop, no qual doleiros remetem recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo”

Denominada de Operação 'Câmbio, Desligo', os policiais federais cumpriram cinco mandados de prisão preventiva em Porto Alegre; ação é um desdobramento da Lava Jato; os alvos são clientes de doleiros que atuavam com remessa ilegal e lavagem de dinheiro no exterior; os suspeitos integravam um sistema chamado Bank Drop, no qual doleiros remetem recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo”
Denominada de Operação 'Câmbio, Desligo', os policiais federais cumpriram cinco mandados de prisão preventiva em Porto Alegre; ação é um desdobramento da Lava Jato; os alvos são clientes de doleiros que atuavam com remessa ilegal e lavagem de dinheiro no exterior; os suspeitos integravam um sistema chamado Bank Drop, no qual doleiros remetem recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo” (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 – Em mais um desdobramento da Lava Jato, a Polícia Federal cumpriu cinco mandados de prisão preventiva em Porto Alegre, nesta quinta-feira (3). Chamada de Operação 'Câmbio, Desligo', entre os presos está o engenheiro agrônomo Antônio Claudio Albernaz Cordeiro, detido em casa, na Zona Sul da capital. 

Também foram presos Paulo Aramis Albernaz Cordeiro, Athos Roberto Albernaz Cordeiro, Carmen Regina Albernaz Cordeiro e Suzana Marcon. Segundo a PF, os alvos são clientes de doleiros que atuavam com remessa ilegal e lavagem de dinheiro no exterior.

Nesta operação, os suspeitos integravam um sistema chamado Bank Drop, no qual doleiros remetem recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo”. O “dólar-cabo” é o modo de envio de dinheiro para o exterior que não passa pelas instituições financeiras reguladas pelo Banco Central

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247