Nova Petrobras nasce com a marca da era Dilma

Com Graa Foster no comando, a maior empresa brasileira ser mais tcnica, menos ideolgica e mais distante da poltica; pela primeira vez na histria, todos os ex-presidentes esto sendo convidados para a posse desta segunda-feira, que ter a presena de Dilma

Nova Petrobras nasce com a marca da era Dilma
Nova Petrobras nasce com a marca da era Dilma (Foto: Divulgação)

247 – Dias atrás, o engenheiro Ozires Silva ficou emocionado ao receber um convite simbólico. Nesta segunda-feira 13, ele será um dos ex-presidentes da Petrobras lembrados na cerimônia de posse de Graça Foster, a primeira mulher a presidir a maior empresa brasileira, responsável por investimentos de US$ 225 bilhões nos próximos quatro anos. Assim como ele, vários outros ex-presidentes, independente da coloração partidária ou do governo a que serviram, estarão sentados na primeira fileira. Nomes como Henri Philippe Reichstul, que trabalhou na era FHC, ou Luiz Octavio Motta Veiga, que presidiu a empresa no governo Collor. O gesto tem um significado. Revela que, na era Dilma/Graça, a Petrobras está acima das disputas políticas e ideológicas, assumindo uma feição eminentemente técnica.

Antes mesmo da cerimônia de hoje na Avenida Chile, onde fica a sede da estatal, no centro do Rio de Janeiro, Graça Foster já realizou mudanças importantes. A principal delas foi o afastamento do diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrela, que havia sido indicado por José Dirceu (leia mais aqui). Outras trocas na diretoria, em áreas menos sensíveis, devem acontecer nos próximos dias. E Graça, que foi bem recebida pelo mercado financeiro, terá o desafio de melhorar os resultados da estatal – o último balanço apontou uma redução de 52% no lucro líquido.

Este evento de hoje é também, de certa forma, um marco relevante da era Dilma. Aos poucos, a presidente começa a ter um governo com a sua cara, e mais distante daquele que foi herdado do presidente Lula. Graça Foster foi uma escolha pessoal de Dilma, que nem se deu ao trabalho de consultar o Partido dos Trabalhadores. Pouco a pouco, ela começa a demarcar seu território, fazendo valer cada um dos votos que teve e a popularidade de que desfruta. Ao “desideologizar” a Petrobras, ela também transfere à empresa uma marca do seu governo, que tem conseguido dialogar com facilidade com a oposição.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247