"O PT abandonou tudo que foi feito antes de 2007"

Candidato do DEM ao governo do Estado, Paulo Souto disse que tem ouvido na campanha queixas de pessoas do interior contra a suspensão do  programa 'Cabra Forte', de sua gestão, pelo governo Jaques Wagner; "Por causa da mania do PT de achar que a Bahia foi descoberta em 2007, eles abandonaram tudo que foi feito antes e não deram continuidade a um programa que vinha dando certo. Mas, se eleito, vamos fazer o 'Novo Cabra Forte'"

Candidato do DEM ao governo do Estado, Paulo Souto disse que tem ouvido na campanha queixas de pessoas do interior contra a suspensão do  programa 'Cabra Forte', de sua gestão, pelo governo Jaques Wagner; "Por causa da mania do PT de achar que a Bahia foi descoberta em 2007, eles abandonaram tudo que foi feito antes e não deram continuidade a um programa que vinha dando certo. Mas, se eleito, vamos fazer o 'Novo Cabra Forte'"
Candidato do DEM ao governo do Estado, Paulo Souto disse que tem ouvido na campanha queixas de pessoas do interior contra a suspensão do  programa 'Cabra Forte', de sua gestão, pelo governo Jaques Wagner; "Por causa da mania do PT de achar que a Bahia foi descoberta em 2007, eles abandonaram tudo que foi feito antes e não deram continuidade a um programa que vinha dando certo. Mas, se eleito, vamos fazer o 'Novo Cabra Forte'" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Em comício no município de Juazeiro nesta segunda-feira (8), o candidato do DEM ao governo do Estado, Paulo Souto, voltou a prometer atenção especial ao semiárido e ressaltou implantação dos programas 'Sertão Vivo' e o 'Novo Cabra Forte'. Nascido em Caetité, no sertão baiano, o candidato da coligação 'Unidos pela Bahia' garantiu que o semiárido, onde se concentra 65% do território baiano, será uma prioridade de seu governo, se ele for eleito.

A proposta do 'Sertão Vivo' é de restaurar e regenerar a caatinga, vegetação nativa, e também recuperar as bacias dos rios da região. "Não seremos omissos à devastação da caatinga na Bahia, um bioma de extrema importância ao equilíbrio ecológico de nosso estado".

O candidato oposicionista fez também um alerta para "o estado atual de degradação do Rio São Francisco, que precisa urgentemente de um programa federal de revitalização". "O problema do Rio São Francisco precisa ser encarado como uma questão de estado. É necessária a ação do governo federal, articulando estados, municípios e população para solucionar este grave problema".

Quanto ao 'Novo Cabra Forte', Souto informou que o programa vai estimular a ovinocaprinocultura, uma vocação econômica da região do semiárido. "Para dinamizar essa atividade, vamos oferecer assistência técnica aos pequenos produtores, melhoramento genético e acompanhamento da sanidade animal, além de crédito rural, formação técnicos em agropecuária e criação de centros de pesquisas".

Paulo Souto disse que tem ouvido na campanha queixas de pessoas do interior contra a suspensão do Cabra Forte pelo governo Jaques Wagner "Por causa da mania do PT de achar que a Bahia foi descoberta em 2007, eles abandonaram tudo que foi feito antes e não deram continuidade a um programa que vinha dando certo. Mas, se eleito, vamos fazer o 'Novo Cabra Forte'".

No novo programa, que terá reformulações, Paulo Souto informa que está prevista a construção de barragens subterrâneas, poços, adutoras e pontos comunitários de irrigação, além da organização da produção de leite de cabra e a implantação de fábricas de laticínios, frigoríficos e curtumes.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247