OAB-PI pede quebra de sigilo das gravações de Temer

A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, enviou nota à imprensa onde pede a suspensão do sigilo das gravações feitas entre os envolvidos nas últimas denúncias de corrupção que envolvem o presidente Michel Temer, senador Aécio Neves entre outras figuras da vida parlamentar e jurídica do país; na nota, o presidente da OAB/PI, Chico Lucas, diz ainda que, sendo confirmadas as denúncias, exige a renúncia do atual presidente e de todos os demais acuados do crime de obstrução da justiça e a convocação de novas eleições diretas para o país

A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, enviou nota à imprensa onde pede a suspensão do sigilo das gravações feitas entre os envolvidos nas últimas denúncias de corrupção que envolvem o presidente Michel Temer, senador Aécio Neves entre outras figuras da vida parlamentar e jurídica do país; na nota, o presidente da OAB/PI, Chico Lucas, diz ainda que, sendo confirmadas as denúncias, exige a renúncia do atual presidente e de todos os demais acuados do crime de obstrução da justiça e a convocação de novas eleições diretas para o país
A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, enviou nota à imprensa onde pede a suspensão do sigilo das gravações feitas entre os envolvidos nas últimas denúncias de corrupção que envolvem o presidente Michel Temer, senador Aécio Neves entre outras figuras da vida parlamentar e jurídica do país; na nota, o presidente da OAB/PI, Chico Lucas, diz ainda que, sendo confirmadas as denúncias, exige a renúncia do atual presidente e de todos os demais acuados do crime de obstrução da justiça e a convocação de novas eleições diretas para o país (Foto: Leonardo Lucena)

247, com Piauí Hoje - A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, enviou nesta quinta-feira, 18, nota à imprensa onde pede a suspensão do sigilo das gravações feitas entre os envolvidos nas últimas denúncias de corrupção que envolvem o presidente Michel Temer, senador Aécio Neves entre outras figuras da vida parlamentar e jurídica do país.

Na nota, o presidente da OAB/PI, Chico Lucas, diz ainda que, sendo confirmadas as denúncias, exige a renúncia do atual presidente e de todos os demais acuados do crime de obstrução da justiça e a convocação de novas eleições diretas para o país.

De acordo com os donos da JBS, os empresários Joesley Batista e seu irmão Wesley, Michel Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS).

Depois, o parlamentar foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. O empresário disse a Temer que estava dando ao ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: "Tem que manter isso, viu?". O teor das delações foi publicado pelo colunista Lauro Jardim, do Globo.

Em nota, Temer disse que "jamais" solicitou pagamentos para obter o silêncio de Cunha e negou ter participado ou autorizado "qualquer movimento" para evitar delação do correligionário. Por meio de sua assessoria, o deputado Rodrigo Rocha Loures informou que ele que vai "esclarecer os fatos divulgados" sobre a delação.

Confira a nota na íntegra:

NOTA

Diante dos estarrecedores e gravíssimos fatos noticiados pela imprensa contra o Presidente da República, Michel Temer, e outras figuras do cenário político brasileiro, a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí, cobra a imediata suspensão do sigilo das gravações, para que toda a sociedade tenha acesso ao seu conteúdo, bem como a devida apuração dos fatos.

Sendo confirmadas as denúncias, o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, exige a imediata renúncia do Presidente Michel Temer e de todos os demais acusados do crime de obstrução da Justiça. Acreditamos, ainda, que somente novas eleições diretas e a renovação do cenário político poderão solucionar a total crise de representatividade dos Poderes.

A OAB-PI é defensora intransigente da Constituição Federal, do Estado Democrático de Direito e da Instituições Republicanas.

Chico Lucas

Presidente da OAB-PI

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247