Odebrecht vai responder por mortes no Itaquerão

Ministério Público de São Paulo denunciou quatro engenheiros que trabalham para a Odebrecht e dois para a Locar, empresa terceirizada pela construtora, pela queda de um guindaste durante a construção da Arena Corinthians, em novembro de 2013, matando dois funcionários, Ronaldo Oliveira dos Santos e Fabio Luiz Pereira; entre eles, Frederico Barbosa, número dois das obras do estádio, abaixo apenas de Antônio Gavioli, diretor de contratos

Ministério Público de São Paulo denunciou quatro engenheiros que trabalham para a Odebrecht e dois para a Locar, empresa terceirizada pela construtora, pela queda de um guindaste durante a construção da Arena Corinthians, em novembro de 2013, matando dois funcionários, Ronaldo Oliveira dos Santos e Fabio Luiz Pereira; entre eles, Frederico Barbosa, número dois das obras do estádio, abaixo apenas de Antônio Gavioli, diretor de contratos
Ministério Público de São Paulo denunciou quatro engenheiros que trabalham para a Odebrecht e dois para a Locar, empresa terceirizada pela construtora, pela queda de um guindaste durante a construção da Arena Corinthians, em novembro de 2013, matando dois funcionários, Ronaldo Oliveira dos Santos e Fabio Luiz Pereira; entre eles, Frederico Barbosa, número dois das obras do estádio, abaixo apenas de Antônio Gavioli, diretor de contratos (Foto: Roberta Namour)

247 - O Ministério Público de São Paulo denunciou engenheiros que trabalham para a Odebrecht pela queda de um guindaste durante a construção da Arena Corinthians, em novembro de 2013, matando dois funcionários, Ronaldo Oliveira dos Santos e Fabio Luiz Pereira.

Dos seis réus do caso, quatro trabalham para a Odebrecht e dois para a Locar, empresa terceirizada pela construtora para a operação dos guindastes. Entre eles, Frederico Barbosa, número dois das obras do estádio, abaixo apenas de Antônio Gavioli, diretor de contratos.

Se forem condenados, eles podem pegar de um a quatro anos de prisão.

Leia aqui reportagem de Camila Mattoso sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247