Olivetto defende medidas de Haddad sobre o trânsito

"O brasileiro e o paulista não foram educados para limites de velocidade", diz o publicitário Washington Olivetto; para ele, a longo prazo as pessoas vão se adaptar à redução imposta pelo prefeito Fernando Haddad (PT); a velocidade máxima na pista expressa das marginais Pinheiros e Tietê foi reduzida para até 50 km/h

"O brasileiro e o paulista não foram educados para limites de velocidade", diz o publicitário Washington Olivetto; para ele, a longo prazo as pessoas vão se adaptar à redução imposta pelo prefeito Fernando Haddad (PT); a velocidade máxima na pista expressa das marginais Pinheiros e Tietê foi reduzida para até 50 km/h
"O brasileiro e o paulista não foram educados para limites de velocidade", diz o publicitário Washington Olivetto; para ele, a longo prazo as pessoas vão se adaptar à redução imposta pelo prefeito Fernando Haddad (PT); a velocidade máxima na pista expressa das marginais Pinheiros e Tietê foi reduzida para até 50 km/h (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O publicitário Washington Olivetto saiu em defesa das medidas do prefeito Fernando Haddad (PT) sobre o trânsito de São Paulo: "O brasileiro e o paulista não foram educados para limites de velocidade".

Em entrevista à ‘Folha de S. Paulo’, ele diz que, a longo prazo as pessoas vão se adaptar à redução imposta pelo prefeito: “É muito normal, por exemplo, em cidades norte-americanas, você ter desde limite de 50 milhas por hora [o equivalente a 80 km/h], de 30 milhas [48 km/h] e até de 15 milhas [24 km/h]. É muito pouquinho. E esses limites são tradicionais, as pessoas estão habituadas. Aqui, nós não tínhamos essa disciplina. A longo prazo, as pessoas vão se adaptar”.

A velocidade máxima na pista expressa das marginais Pinheiros e Tietê foi reduzida, dependendo do tipo de pista, para até 50 km/h (leia mais).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email