Operação autua e fecha bares irregulares

Batizada de ‘Sossego’, Operação realizada por policiais e órgãos de controle de passeios públicos e de meio ambiente da prefeitura de Maceió, fechou e autuou diversos bares irregulares; ela havia sido suspensa durante o processo eleitoral e volta agora a acontecer com mais frequência com o objetivo, também, de combater o som alto 

Batizada de ‘Sossego’, Operação realizada por policiais e órgãos de controle de passeios públicos e de meio ambiente da prefeitura de Maceió, fechou e autuou diversos bares irregulares; ela havia sido suspensa durante o processo eleitoral e volta agora a acontecer com mais frequência com o objetivo, também, de combater o som alto 
Batizada de ‘Sossego’, Operação realizada por policiais e órgãos de controle de passeios públicos e de meio ambiente da prefeitura de Maceió, fechou e autuou diversos bares irregulares; ela havia sido suspensa durante o processo eleitoral e volta agora a acontecer com mais frequência com o objetivo, também, de combater o som alto  (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - A fiscalização de bares e restaurantes durante a madrugada foi retomada,neste fim de semana, por órgãos ligados à segurança, controle de passeios públicos e de meio ambiente. Vários estabelecimentos foram visitados pelas equipes na parte alta da capital, sendo que alguns deles foram autuados por irregularidades no funcionamento. Um foi fechado.

O primeiro local e a ser fiscalizado pelos integrantes da Operação Sossego foi um barzinho localizado no Cleto Marques Luz, na região do Tabuleiro do Martins. Fiscais da Superintendência Municipal do Controle do Convívio Urbano (SMCCU) e da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) autuaram o proprietário do estabelecimento administrativamente.

Outro bar, no conjunto Dubeaux Leão, onde acontecia um evento particular, foi fechado nesta fiscalização por falta de documentos. Equipes da Eletrobras foram acionadas para desligar a energia do local, a fim de que a festa fosse interrompida imediatamente.

Um espaço onde funciona um churrasquinho teve mesas e cadeiras recolhidas. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), o local já havia sido notificado pela SMCCU outras duas vezes e não conseguiu regularizar a situação.

O mesmo aconteceu com mais dois bares que ficam na parte alta da cidade. Eles tiveram os materiais recolhidos e foram autuados pela SMCCU por irregularidades detectadas na fiscalização.

A Operação Sossego havia sido suspensa durante o processo eleitoral e é comandada pela SSP. O órgão informou, por meio da assessoria de comunicação, que as ações voltam a acontecer com mais frequência, sempre com os objetivos de combater som alto (perturbação do sossego alheio) e irregularidades encontradas por outros órgãos de fiscalização. 

Com gazetaweb.com e assessoria

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247