Operação Grande Truque da PF apreende R$ 85 mi

A Polícia Federal deflagrou a segunda fase da operação Grande Truque nos estados de Pernambuco e São Paulo; os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em uma empresa de transporte de valores, um banco e em uma casa de câmbio que resultou na apreensão de R$ 85 milhões, sendo R$ 60 milhões em moedas estrangeiras; crimes investigados são de lavagem de dinheiro, caixa 2 e funcionamento de instituição financeira clandestina; uma pessoa foi presa em flagrante e liberada sob fiança

A Polícia Federal deflagrou a segunda fase da operação Grande Truque nos estados de Pernambuco e São Paulo; os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em uma empresa de transporte de valores, um banco e em uma casa de câmbio que resultou na apreensão de R$ 85 milhões, sendo R$ 60 milhões em moedas estrangeiras; crimes investigados são de lavagem de dinheiro, caixa 2 e funcionamento de instituição financeira clandestina; uma pessoa foi presa em flagrante e liberada sob fiança
A Polícia Federal deflagrou a segunda fase da operação Grande Truque nos estados de Pernambuco e São Paulo; os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em uma empresa de transporte de valores, um banco e em uma casa de câmbio que resultou na apreensão de R$ 85 milhões, sendo R$ 60 milhões em moedas estrangeiras; crimes investigados são de lavagem de dinheiro, caixa 2 e funcionamento de instituição financeira clandestina; uma pessoa foi presa em flagrante e liberada sob fiança (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - Uma operação da Polícia Federal apreendeu R$ 85 milhões, sendo R$ 60 milhões em moedas estrangeiras, em uma operação para investigar crimes contra o sistema financeiro. A ação investiga os crimes de caixa 2, lavagem de dinheiro e instituição financeira clandestina.  Os agentes cumpriram mandados em Pernambuco e São Paulo em uma empresa de transporte valores, onde o dinheiro foi apreendido, uma casa de câmbio e um banco. O gerente da empresa de transporte de valores foi preso em flagrante e solto sob fiança.

Segundo a PF, a empresa fazia operações acima do limite legal, realizando operações de câmbio dentro das suas instalações, a pedido de instituições financeiras. A PF busca identificar se as operações foram registradas na contabilidade oficial, além de investigar se a empresa continua realizando atividades de instituição financeira sem a devida autorização do Banco Central.  Entre as moedas apreendidas estão dólares americanos, australianos e canadenses, libras esterlinas, francos suíços, euros, ienes, pesos argentinos, mexicanos, colombianos, uruguaios chilenos, randezar (África do Sul), iuan (China), além de coroas dinamarquesas, suecas e norueguesas.

Esta é a segunda fase da operação Grande Truque, que contou com a participação de 2e 24 agentes federais. A primeira fase da operação foi deflagrada em abril do ano passado, quando foram apreendidos 22 milhões na empresa de segurança de transporte de valores.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email