Oposição tem discurso pronto contra Rosa

Caso ela transforme em réus três secretários do governo de São Paulo, Edson Aparecido, José Aníbal e Rodrigo Garcia, será acusada de agir assim por ter sido nomeada pela presidente Dilma Rousseff para o cargo

Caso ela transforme em réus três secretários do governo de São Paulo, Edson Aparecido, José Aníbal e Rodrigo Garcia, será acusada de agir assim por ter sido nomeada pela presidente Dilma Rousseff para o cargo
Caso ela transforme em réus três secretários do governo de São Paulo, Edson Aparecido, José Aníbal e Rodrigo Garcia, será acusada de agir assim por ter sido nomeada pela presidente Dilma Rousseff para o cargo (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Os tucanos de São Paulo já prepararam o discurso que será usado, caso a ministra Rosa Weber transforme três secretários do governo estadual – Edson Aparecido, da Casa Civil, José Aníbal, de Energia, e Rodrigo Garcia, do Desenvolvimento – em réus no Supremo Tribunal Federal. Quem avisa é o jornalista Elio Gaspari:

ROSA WEBER

Se as decisões da ministra Rosa Weber no caso do cartel das fornecedores de equipamentos e de seus vínculos com os governos do PSDB paulista contrariarem o tucanato, virá a grita de que foi a doutora Dilma quem a nomeou.

Tudo bem, mas quem nomeou Joaquim Barbosa foi Lula.

Leia, abaixo, reportagem anterior do 247 sobre o caso:

DESTINO DE TUCANOS PAULISTAS RECAI SOBRE ROSA

Inquérito do escândalo Alstom-Siemens-PSDB-SP chega às mãos, por sorteio, da ministra Rosa Weber, no Supremo Tribunal Federal; ela poderá tornar réus os secretários do governador Geraldo Alckmin (PSDB) Edson Aparecido e José Aníbal, e o deputado Arnaldo Jardim, do PPS, caso acate a investigação encaminhada pela Justiça Federal; esquema indica pagamento de propina a personagens do primeiro escalão do partido; Alckmin, que disse nesta quinta-feira ver "objetivo político" nas denúncias, irá manter seus homens de confiança mesmo na condição de réus no Supremo?

12 DE DEZEMBRO DE 2013 ÀS 19:13

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247