Pacientes do IPC têm programação especial no 8 de Março

O Dia Internacional da Mulher, 8 de Março, vai ser destacado no Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará (IPC) com a realização de várias atividades durante todo o dia para as pacientes. A programação começa às 10 horas, no auditório, com uma palestra realizada pelo grupo de humanização da instituição, que abordará a luta e a voz da mulher na conquista deste dia. Ainda como parte da programação, serão disponibilizados painéis interativos com a divulgação dos locais de apoio às mulheres em situação de risco no Estado e as pacientes serão convidadas a conhecer os setores e os serviços do IPC, através de uma visita guiada pela instituição

O Dia Internacional da Mulher, 8 de Março, vai ser destacado no Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará (IPC) com a realização de várias atividades durante todo o dia para as pacientes. A programação começa às 10 horas, no auditório, com uma palestra realizada pelo grupo de humanização da instituição, que abordará a luta e a voz da mulher na conquista deste dia. Ainda como parte da programação, serão disponibilizados painéis interativos com a divulgação dos locais de apoio às mulheres em situação de risco no Estado e as pacientes serão convidadas a conhecer os setores e os serviços do IPC, através de uma visita guiada pela instituição
O Dia Internacional da Mulher, 8 de Março, vai ser destacado no Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará (IPC) com a realização de várias atividades durante todo o dia para as pacientes. A programação começa às 10 horas, no auditório, com uma palestra realizada pelo grupo de humanização da instituição, que abordará a luta e a voz da mulher na conquista deste dia. Ainda como parte da programação, serão disponibilizados painéis interativos com a divulgação dos locais de apoio às mulheres em situação de risco no Estado e as pacientes serão convidadas a conhecer os setores e os serviços do IPC, através de uma visita guiada pela instituição (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O Dia Internacional da Mulher vai ser destacado no Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará (IPC), da rede pública do Governo do Ceará, com a realização de várias atividades durante todo o dia para as pacientes. A programação acontecerá na quinta-feira, 8 de março, às 10 horas, no auditório, com uma palestra realizada pelo grupo de humanização da instituição, que abordará a luta e a voz da mulher na conquista deste dia.

Ainda como parte da programação, serão disponibilizados painéis interativos com a divulgação dos locais de apoio às mulheres em situação de risco no Estado. Os quadros ficarão acessíveis durante todo o mês de março. No período da tarde, as pacientes serão convidadas a conhecer os setores e os serviços do IPC, através de uma visita guiada pela instituição. “É importante que as usuárias saibam os serviços ofertados a elas. Vai auxiliar bastante no seu entendimento sobre a instituição”, diz Tânia Veras, diretora do Instituto. Também como parte das atividades, haverá um estande de maquiagem para as pacientes.

Atendimento

O Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará é uma unidade de atenção secundária. Para ter acesso aos serviços o usuário geralmente é encaminhado de uma unidade de atenção primária, como um posto de saúde, por exemplo. As vagas para atendimento na unidade são disponibilizadas na Central de Regulação do Estado (CRESUS). Toda unidade primária tem acesso ao número de vagas disponíveis no CRESUS. O IPC disponibiliza vagas em três agendas: prefeitura, municípios e uma agenda restrita da unidade, esta última é para atendimento às pacientes que já estão em tratamento na unidade.

O IPC possui catorze ambulatórios, divididos em serviços de enfermagem, mastologia e ginecologia, além dos setores de mamografia, ultrassonografia e centro cirúrgico, onde ocorrem cirurgias para retirada de nódulo na mama, conização do colo do útero (um pedaço em formato de cone é retirado do órgão para a realização de uma biópsia) e pele para as pacientes atendidos no Instituto. Conta também com uma equipe multidisciplinar, formada por ginecologistas, mastologistas, enfermeiros, radiologistas e dermatologistas.

Na atenção às pacientes com câncer, é preciso destacar o serviço de apoio e humanização, com assistentes sociais, psicóloga e fisioterapeutas. Através do serviço social, a paciente pode tirar dúvidas sobre a doença e a legislação. Na fisioterapia, há um preparo para as mulheres que irão se operar, com o intuito de evitar complicações no pós-operatório. Toda paciente atendida que irá se opera ou é diagnosticada com câncer passa pelo setor de psicologia.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Governo do Ceará

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247