Paim manifesta pesar pela morte de Luiz Henrique

Senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou a morte do senador catarinense Luiz Henrique (PMDB-SC), ocorrida devido a um infarto fulminante; ele contou que Luiz Henrique começou a vida pública em 1971 quando se elegeu presidente do diretório do então MDB de Joinville; petista elogiou a atuação de Luiz Henrique e ressaltou que a importante lei de renegociação das dívidas dos estados, sancionada no ano passado, só se tornou realidade graças ao trabalho do parlamentar catarinense

Senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou a morte do senador catarinense Luiz Henrique (PMDB-SC), ocorrida devido a um infarto fulminante; ele contou que Luiz Henrique começou a vida pública em 1971 quando se elegeu presidente do diretório do então MDB de Joinville; petista elogiou a atuação de Luiz Henrique e ressaltou que a importante lei de renegociação das dívidas dos estados, sancionada no ano passado, só se tornou realidade graças ao trabalho do parlamentar catarinense
Senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou a morte do senador catarinense Luiz Henrique (PMDB-SC), ocorrida devido a um infarto fulminante; ele contou que Luiz Henrique começou a vida pública em 1971 quando se elegeu presidente do diretório do então MDB de Joinville; petista elogiou a atuação de Luiz Henrique e ressaltou que a importante lei de renegociação das dívidas dos estados, sancionada no ano passado, só se tornou realidade graças ao trabalho do parlamentar catarinense (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência e da Rádio Senado - O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou a morte do senador catarinense Luiz Henrique (PMDB-SC), ocorrida neste domingo, devido a um infarto fulminante.

Ele contou que Luiz Henrique começou a vida pública em 1971 quando se elegeu presidente do diretório do então MDB de Joinville. Depois, foi prefeito da cidade por três vezes, deputado estadual, deputado constituinte, deputado federal por 5 mandatos, governador de Santa Catarina por duas vezes e ministro de Ciência e Tecnologia do governo de José Sarney.

Paulo Paim elogiou a atuação de Luiz Henrique e ressaltou que a importante lei de renegociação das dívidas dos estados, sancionada no ano passado, só se tornou realidade graças ao trabalho do parlamentar catarinense, que negociou bastante para conseguir um texto que atendesse às necessidades dos estados e da União:

— Conheci o amigo, o homem Luiz Henrique durante os trabalhos na Assembleia Nacional Constituinte. Eu estava lá com ele, ao lado de Covas, Ulysses Guimarães, Lula, Fernando Henrique e tantos outros. Ele fazendo sua parte, lutando por um Brasil nação, por melhores dias para os brasileiros. Ali na Constituinte, eu percebi que estava diante de um grande homem. Passei a admirá-lo mais ainda convivendo com ele aqui no Senado.

Paulo Paim lamentou também a morte do ex-ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, ocorrida neste domingo, em decorrência de um câncer. Ele destacou que Mendes Filho era advogado e iniciou a vida pública em 1982 como vereador em Porto Alegre; depois foi deputado estadual e secretário de estado em governos do PMDB no Rio Grande do Sul. Além disso, foi deputado federal por cinco mandatos, e em 2013 assumiu o ministério da Agricultura no governo de Dilma Rousseff.

Nota de Eunício sobre Luiz Henrique

O senador Paulo Paim, do PT gaúcho, leu em plenário nota em que o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, lamenta a morte do senador catarinense Luiz Henrique e afirma que a bancada peemedebista e o Senado perdem uma grande referência e colaborador.

Na nota, Eunício afirma que Luiz Henrique era um homem de convicções e um leal companheiro, sempre disposto a encontrar soluções criativas e de interesse da maioria. Diz ainda que desde 1971, o catarinense ajudou a construir a história do PMDB em Santa Catarina.

O líder do PMDB afirma ainda, na nota lida por Paulo Paim, que a independência de Luiz Henrique, bem como sua luta pela lisura na política e pela democracia orgulha a todos e que ele fará falta. Eunício Oliveira ainda manifesta solidariedade à família, aos amigos, aos catarinenses e ao povo brasileiro pela morte de Luiz Henrique.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247