Paim sobre reforma trabalhista: queremos a revogação dessa maldita lei

Crítico ferrenho de Temer e contrário à Reforma Trabalhista, o senador Paulo Paim (PT-RS) usou o Twitter para afirmar que denunciou, realizou audiências e que “Agora realidade veio à tona: 13,7 milhões de desempregados”; para ele, é “o maior ataque aos direitos dos trabalhadores... negociado sobre o legislado, terceirização, precarização, fim do 13° salário, férias, entre outros. Queremos a revogação dessa maldita lei"

Crítico ferrenho de Temer e contrário à Reforma Trabalhista, o senador Paulo Paim (PT-RS) usou o Twitter para afirmar que denunciou, realizou audiências e que “Agora realidade veio à tona: 13,7 milhões de desempregados”; para ele, é “o maior ataque aos direitos dos trabalhadores... negociado sobre o legislado, terceirização, precarização, fim do 13° salário, férias, entre outros. Queremos a revogação dessa maldita lei"
Crítico ferrenho de Temer e contrário à Reforma Trabalhista, o senador Paulo Paim (PT-RS) usou o Twitter para afirmar que denunciou, realizou audiências e que “Agora realidade veio à tona: 13,7 milhões de desempregados”; para ele, é “o maior ataque aos direitos dos trabalhadores... negociado sobre o legislado, terceirização, precarização, fim do 13° salário, férias, entre outros. Queremos a revogação dessa maldita lei" (Foto: Voney Malta)

Rio Grande do Sul 247 – O senador Paulo Paim (PT-RS) tem sido um dos principais personagens da política nacional  a se posicionar claramente contra a Reforma Trabalhista. Ele não descansa quando a questão é defender os seus pontos de vista. Para tanto usa todas as ferramentas disponíveis para divulgar as suas ideias, caso das redes sociais.

No Twitter, por exemplo, Paim tem dito que a Reforma Trabalhista "é o maior ataque aos direitos dos trabalhadores" e que avisou "que a reforma trabalhista seria o caos> Agora,a realidade veio à tona: 13,7 milhões de desempregados".

Leia abaixo na íntegra as duas últimas postagens do senador sobre o tema:

1 - "Reforma Trabalhista: o maior ataque aos direitos dos trabalhadores... negociado sobre o legislado, terceirização, trabalho intermitente, precarização, fim do 13° salário, férias, entre outros. Queremos a revogação dessa maldita lei. #EstatutoDoTrabalhoJá A nova CLT."

2 - "Eu avisei que a reforma trabalhista seria o caos. Denunciei na tribuna, realizei audiências públicas, escrevi artigos. Agora, a realidade veio à tona: 13,7 milhões de desempregados. E tem + : emprego informal, exclusão de direitos, salários menores e renda do trabalhador caindo."

 

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247