Paim: ‘Temer diz que a reforma da Previdência ataca privilégios. Grande mentira’

O senador Paulo Paim (PT-RS) voltou a criticar o governo de Michel Temer, que tenta aprovar a reforma da previdência, rejeitada pela ampla maioria da população brasileira; "O governo Temer diz que a reforma da Previdência ataca privilégios... GRANDE MENTIRA. Pelo contrário, a intenção é retirar direitos dos que mais precisam, acabar com a aposentadoria  e entregar o sistema ao setor financeiro", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter

O senador Paulo Paim (PT-RS) voltou a criticar o governo de Michel Temer, que tenta aprovar a reforma da previdência, rejeitada pela ampla maioria da população brasileira; "O governo Temer diz que a reforma da Previdência ataca privilégios... GRANDE MENTIRA. Pelo contrário, a intenção é retirar direitos dos que mais precisam, acabar com a aposentadoria  e entregar o sistema ao setor financeiro", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter
O senador Paulo Paim (PT-RS) voltou a criticar o governo de Michel Temer, que tenta aprovar a reforma da previdência, rejeitada pela ampla maioria da população brasileira; "O governo Temer diz que a reforma da Previdência ataca privilégios... GRANDE MENTIRA. Pelo contrário, a intenção é retirar direitos dos que mais precisam, acabar com a aposentadoria  e entregar o sistema ao setor financeiro", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter (Foto: Leonardo Lucena)

Rio Grande do Sul 247 - O senador Paulo Paim (PT-RS) voltou a criticar o governo de Michel Temer, que tenta aprovar a reforma da previdência, rejeitada pela ampla maioria da população brasileira.

"O governo Temer diz que a reforma da Previdência ataca privilégios... GRANDE MENTIRA. Pelo contrário, a intenção é retirar direitos dos que mais precisam, acabar com a aposentadoria  e entregar o sistema ao setor financeiro", escreveu o parlamentar, nesta terça-feira (16), em sua conta no Twitter. 

Apesar do governo Michel Temer ter torrado bilhões visando cooptar os votos de deputados e pelo menos outros R$ 20 milhões em publicidade para tentar conseguir convencer a população sobre a necessidade da reforma da Previdência, um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas apontou que nada menos que 66% dos brasileiros são contrários as mudanças nas regras da aposentadoria e dos benefícios sociais como deseja o governo. 

Segundo os dados, 62% da população considera a reforma desnecessária, contra 28,9% que afirmam ser preciso mudar o sistema atual.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247