“País precisa de um governo legítimo”, diz Vitti ao defender eleições diretas

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), voltou a defender a realização de eleições diretas para presidente da República;“Precisamos de um governo legítimo e eleito pelo voto direto”, disse, afirmando que o governo Temer não se sustenta mais; de acordo com Vitti, a situação política do país é vexatória e precisa ser passada a limpo; “A maneira de separar o joio do trigo é o voto popular. Podemos chancelar os que são bons políticos e afastar os corruptos, disse

vitti
vitti (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), voltou a defender a realização de eleições diretas para presidente da República. “Precisamos de um governo legítimo e eleito pelo voto direto”, disse, afirmando que o governo Temer não se sustenta mais.

De acordo com Vitti, a situação política do país é vexatória e precisa ser passada à limpo. “A maneira de separar o joio do trigo é o voto popular. Podemos chancelar os que são bons políticos e afastar os corruptos, disse.

Segundo ele, a crise política provocou um grande retrocesso na economia do país. O cenário de conflitos, como as manifestações ocorridas em Brasília na última quarta-feira, 24, nas quais três ministérios foram incendiados agrava ainda mais a crise. “Quando o bom senso e a racionalidade são ultrapassados, a violência se instala e não é isso que queremos”, argumentou.

Vitti disse ainda que a melhor forma de devolver a credibilidade política do País é dar apoio irrestrito às investigações. “É necessário que quem praticou atos ilícitos receba punição exemplar da Justiça. Também temos que punir quem delatou e participou dos crimes."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247