Palmas supera Goiânia na avaliação das melhores cidades do Brasil

Conforme divulgação da Revista Exame publicada na sexta-feira, 10, a Macroplan Consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade; “Os pesos dos indicadores e das áreas que compõem o índice foram divididos da seguinte forma: 35,3% para educação e cultura; 35,3% para saúde; 20,6% para infraestrutura e sustentabilidade e 8,8% para segurança”, aponta a revista

Conforme divulgação da Revista Exame publicada na sexta-feira, 10, a Macroplan Consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade; “Os pesos dos indicadores e das áreas que compõem o índice foram divididos da seguinte forma: 35,3% para educação e cultura; 35,3% para saúde; 20,6% para infraestrutura e sustentabilidade e 8,8% para segurança”, aponta a revista
Conforme divulgação da Revista Exame publicada na sexta-feira, 10, a Macroplan Consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade; “Os pesos dos indicadores e das áreas que compõem o índice foram divididos da seguinte forma: 35,3% para educação e cultura; 35,3% para saúde; 20,6% para infraestrutura e sustentabilidade e 8,8% para segurança”, aponta a revista (Foto: José Barbacena)

Tocantins 247 - Conforme divulgação da Revista Exame publicada na sexta-feira, 10, a Macroplan Consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade.

“Os pesos dos indicadores e das áreas que compõem o índice foram divididos da seguinte forma: 35,3% para educação e cultura; 35,3% para saúde; 20,6% para infraestrutura e sustentabilidade e 8,8% para segurança”, aponta a revista.

A cidade de Maringá (PR) foi eleita a primeira na lista das melhores grandes cidades do Brasil, seguida por Piracicaba (SP), São José do Rio Preto (SP), São José dos Campos (SP), Franca (SP), Campinas (SP), Jundiaí (SP) e Limeira (SP), com índices que variaram entre 0,731 a 0,699. A capital do Tocantins, com 272 mil habitantes, e faz parte do antigo Norte Goiano, ficou na 28º posição (0,667) superando Goiânia (GO) com 1,296 milhões de habitantes e ficou na 43ª posição (0,622).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247