Palmeiras sofre, mas vence no Pacaembu e vira líder

Em noite de sustos e atuao regular, equipe alviverde derrotou o XV de Piracicaba por 3 a 2 nesta quarta-feira, pelo Campeonato Paulista

Palmeiras sofre, mas vence no Pacaembu e vira líder
Palmeiras sofre, mas vence no Pacaembu e vira líder (Foto: CESAR GRECO/AGÊNCIA ESTADO)

Em uma noite de sustos e atuação irregular, o Palmeiras sofreu para vencer o XV de Piracicaba por 3 a 2, nesta quarta-feira, no Pacaembu, em rodada do Campeonato Paulista. O time do técnico Luiz Felipe Scolari contou mais uma vez com performance decisiva de Marcos Assunção, que marcou um gol e deu assistência para outro, do novato Arthur. A partida também marcou a estreia do argentino Barcos.

A sofrida vitória deixou o Palmeiras provisoriamente na primeira colocação da tabela, com os mesmos 14 pontos do Corinthians, mas com vantagem nos gols marcados. São Paulo e Paulista, porém, podem superar as duas equipes na sequência da rodada, nesta quinta-feira. Já o XV de Piracicaba ocupa a 15ª colocação, com cinco pontos.

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrentará o Ituano, novamente no Pacaembu, sábado, às 17 horas. O XV de Piracicaba também jogará em casa, contra o Catanduvense, no domingo, às 19h30.

O JOGO - Uma das novidades do Campeonato Paulista deste ano, o XV de Piracicaba surpreendeu o Palmeiras nesta quarta-feira. Com melhor toque de bola e maior ofensividade, o time do interior dominou o primeiro tempo e não deixou a equipe da casa jogar.

Intimidado, o Palmeiras só conseguiu "respirar" quando abriu o placar, aos 15 minutos, em jogada individual de Daniel Carvalho. Após desperdiçar uma oportunidade semelhante no clássico de domingo, o reforço palmeirense mostrou eficiência ao escapar pela esquerda, avançar na área e bater rasteiro no canto esquerdo do goleiro.

Mas, depois de balançar as redes, o Palmeiras recuou e contou com boas defesas de Deola para manter a vantagem no placar. O goleiro, porém, acabou se tornando o vilão do time, ao falhar em cobrança de falta despretensiosa de Ricardinho. Deola saiu mal do gol e viu a bola entrar direto para as redes, aos 31.

"Acabei errando e saiu o gol. Acontece. Sou ser humano e estou sujeito a isso. Era um momento que não podia errar", admitiu o goleiro. Ricardinho, por sua vez, reconheceu a finalização inesperada. "Peguei mal na bola", afirmou, na saída para o intervalo.

Melhor em campo, o XV de Piracicaba ainda teve duas boas chances de virar o marcador antes do fim da etapa. Aos 35, Hugo arriscou de longe e mandou rente ao travessão. Dez minutos depois, André Cunha bateu firme e mandou perto do gol palmeirense.

Depois do susto na etapa inicial, o Palmeiras voltou melhor do intervalo e retomou a liderança do placar com mais um gol de falta de Marcos Assunção, logo aos 2 minutos. O gol deu confiança ao time, que passou a trocar passes com mais facilidade, chegando ao ataque com mais perigo. Aos 16, Assunção quase marcou seu segundo em perigosa cobrança de falta.

As entradas de João Vitor e do estreante Barcos também aumentaram o ritmo dos anfitriões. O argentino finalmente entrou em campo com a camisa do Palmeiras depois de passar duas semanas só treinando, enquanto aguardava a regularização.

A boa marcação também contribuiu para neutralizar as investidas do XV de Piracicaba, mais lento e longe de mostrar o mesmo futebol do início. Mesmo assim, conseguiu buscar mais uma vez o empate, com uma ajuda de Maurício Ramos. O zagueiro se enrolou com Hugo dentro da área e mandou contra as próprias redes, após cruzamento de Cazumba, aos 26.

A resposta do Palmeiras foi imediata. E com nova participação decisiva de Marcos Assunção. Aos 27, o volante levantou na área em cobrança de falta e o estreante Arthur escorou de cabeça para as redes: 3 a 2.

Satisfeito com a pequena vantagem no placar, o Palmeiras recuou e aceitou a intensa pressão dos visitantes nos minutos finais. A defesa, porém, mostrou resistência e assegurou a vitória.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3 X 2 XV DE PIRACICABA

PALMEIRAS - Deola; Artur, Maurício Ramos, Henrique, Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (João Vítor), Daniel Carvalho (Chico); Maikon Leite e Fernandão (Barcos). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

XV DE PIRACICABA - Gilson; Everton, Toninho, Marcos Vinícius; André Cunha (Marlon), Adilson Goiano, Gláuber (Savoia), Ricardinho, Alex Cazumba; Hugo e Paulinho (Adilson). Técnico: Moisés Egert.

GOLS - Daniel Carvalho, aos 15, e Ricardinho, aos 31 minutos do primeiro tempo. Marcos Assunção, aos 2, Maurício Ramos (contra), aos 26, e Arthur, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gláuber, Alex Cazumba, Marcos Vinícius.

ÁRBITRO - Rodrigo Braghetto.

RENDA - R$ 237.331,00.

PÚBLICO - 7.352 pagantes (7.778 no total).

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247