Pará: candidata do PT à prefeitura de Curralinho é assassinada

O crime brutal aconteceu na porta de casa, no bairro do Tenoné, em Curralinho, no Marajó. De acordo com os familiares, o autor do crime teria sido o ex-marido

Reprodução
Reprodução (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A candidato do PT à Prefeitura de Curralinho, no arquipélago do Marajó em Belém, Leila Arruda, foi assassinada a facadas e pauladas na tarde desta quinta-feira (19).

O crime brutal aconteceu na porta de casa, no bairro do Tenoné. De acordo com os familiares, o autor do crime teria sido o ex-marido, de quem ela estava separada há três anos e sofria com perseguições.

Fundadora e militante do Movimento de Mulheres Empreendedoras da Amazônia (Moema), Leila filiou-se ao PT aos 20 anos e era formada em pedagogia.

Em nota, o PT do Pará lamentou a morte com "indignação por este crime brutal que tirou a vida de mais uma mulher no estado e reitera que é inadmissível que as mulheres sejam reféns da violência provocada pelo machismo enraizado na sociedade".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247