Para Iris, aliança com PT no 1º turno é certa em Goiás

Ex-prefeito do PMDB acredita que lideranças dos dois partidos terão “juízo político e lealdade” ao projeto comum e que é natural a proliferação de pré-candidatos; Júnior do Friboi (PMDB) e Antônio Gomide (PT), no entanto, indicam que suas postulações seriam irreversíveis; para complicar a situação, a “voz das ruas” inicia clamor pela candidatura do próprio Iris; líderes peemedebistas lançam dia 27 o “Manifesto pela unidade do PMDB, com Iris para governador”; garantem que ele não estimula o movimento; será mesmo?

Ex-prefeito do PMDB acredita que lideranças dos dois partidos terão “juízo político e lealdade” ao projeto comum e que é natural a proliferação de pré-candidatos; Júnior do Friboi (PMDB) e Antônio Gomide (PT), no entanto, indicam que suas postulações seriam irreversíveis; para complicar a situação, a “voz das ruas” inicia clamor pela candidatura do próprio Iris; líderes peemedebistas lançam dia 27 o “Manifesto pela unidade do PMDB, com Iris para governador”; garantem que ele não estimula o movimento; será mesmo?
Ex-prefeito do PMDB acredita que lideranças dos dois partidos terão “juízo político e lealdade” ao projeto comum e que é natural a proliferação de pré-candidatos; Júnior do Friboi (PMDB) e Antônio Gomide (PT), no entanto, indicam que suas postulações seriam irreversíveis; para complicar a situação, a “voz das ruas” inicia clamor pela candidatura do próprio Iris; líderes peemedebistas lançam dia 27 o “Manifesto pela unidade do PMDB, com Iris para governador”; garantem que ele não estimula o movimento; será mesmo? (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás247_ O ex-prefeito Iris Rezende acredita que as lideranças de PT e PMDB terão juízo político e lealdade à aliança entre os dois partidos com vistas à disputa ao governo do Estado. À Coluna Xadrez, do jornal O Hoje, assinada pelo jornalista Rubens Salomão (íntegra aqui), o líder oposicionista avalia que a apresentação de várias candidatura no campo aliado é natural, mas que no devido tempo haverá convergência em torno de um projeto comum.

“O ambiente hoje em Goiás entre PMDB e PT é da maior cordialidade, amadurecida com o tempo”, garante o ex-prefeito de Goiânia, ele próprio um dos pré-candidatos, embora não declare sua posição publicamente. Além dele, o PMDB trabalha a candidatura do empresário Júnior Friboi, cada vez mais agressivo nas articulações internas. Já no PT, cresce o movimento pela irreversibilidade da candidatura do prefeito de Anápolis, Antônio Gomide.

“A apresentação de todas as pré-candidaturas é natural, mas, no momento exato, seja na convenção ou no prazo que o PT estabeleceu, de desincompatibilização (29 de março), não tenha dúvida que nós vamos chegar a um consenso”, avalia o ex-prefeito, minimizando os conflitos na aliança.

Iris, que recebe semanalmente romaria de lideranças em seu escritório político em Goiânia, afirma que vai se manter distante do processo de definição em seu partido. Segundo ele, essa responsabilidade foi transferida à ala jovem do PMDB e não "seria justo ficar dando palpite". A não ser, pondera, que seja convocado.

Essa “voz das ruas”, contudo, já clama pelo ingresso de Iris no processo eleitoral, mas não como mediador, e sim como protagonista.

A edição do semanário Tribuna do Planalto, que circula neste domingo, informa que lideranças peemedebistas preparam para a quinta-feira (27) ato em favor da candidatura do ex-prefeito (íntegra aqui).

Correligionários de diversos municípios, informa a Tribuna, lançam o movimento “Manifesto pela unidade do PMDB, com Iris para governador”. Os idealizadores garantem que o líder não está envolvido no projeto. Muitos deles, aliás, preferem não aparecer agora. Entre os que encabeçam estão o vereador de Rio Verde Paulo Henrique Guimarães, o ex-deputado José Nelto, parlamentares, atuais e ex-prefeitos da sigla, além do PMDB Jovem e do PMDB Mulher.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email