Para João Jaime, reforma do Judiciário prejudica população

O deputado estadual João Jaime (DEM) declarou que votará contra a mensagem do Judiciário que prevê a extinção de comarcas do interior do Estado, ao mesmo tempo em que cria cartórios. Para o parlamentar, a reforma irá prejudicar o acesso à Justiça nos quatro municípios em que foi votado nas últimas eleições. "Nos municípios de Cruz, Miraíma, General Sampaio e Tejuçuoca irão perder comarcas e quem precisar da Justiça terá de se deslocar até 40 quilômetros. Temos que encontrar, junto com o Judiciário, uma solução para todos os municípios"

O deputado estadual João Jaime (DEM) declarou que votará contra a mensagem do Judiciário que prevê a extinção de comarcas do interior do Estado, ao mesmo tempo em que cria cartórios. Para o parlamentar, a reforma irá prejudicar o acesso à Justiça nos quatro municípios em que foi votado nas últimas eleições. "Nos municípios de Cruz, Miraíma, General Sampaio e Tejuçuoca irão perder comarcas e quem precisar da Justiça terá de se deslocar até 40 quilômetros. Temos que encontrar, junto com o Judiciário, uma solução para todos os municípios"
O deputado estadual João Jaime (DEM) declarou que votará contra a mensagem do Judiciário que prevê a extinção de comarcas do interior do Estado, ao mesmo tempo em que cria cartórios. Para o parlamentar, a reforma irá prejudicar o acesso à Justiça nos quatro municípios em que foi votado nas últimas eleições. "Nos municípios de Cruz, Miraíma, General Sampaio e Tejuçuoca irão perder comarcas e quem precisar da Justiça terá de se deslocar até 40 quilômetros. Temos que encontrar, junto com o Judiciário, uma solução para todos os municípios" (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - O deputado João Jaime (DEM) declarou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (19), que votará contra a mensagem do Judiciário que prevê a extinção de comarcas do interior do Estado, ao mesmo tempo em que cria cartórios. De acordo com o deputado, essa reforma irá prejudicar o acesso à Justiça nos quatro municípios em que foi votado nas últimas eleições.

De acordo com o parlamentar, essa mensagem precisa ser bem debatida para que não ocorram enganos, na hora da votação. Ele informou que na segunda-feira (18) houve uma audiência pública, sobre o tema, com a participação de lideranças municipais, que cobraram dele a manifestação contrária à proposição do Judiciário.

“As modificações feitas pelo Judiciário nada melhora para algumas populações. Nos municípios de Cruz, Miraíma, General Sampaio e Tejuçuoca irão perder comarcas e quem precisar da Justiça terá de se deslocar até 40 quilômetros. Temos que encontrar, junto com o Judiciário, uma solução para todos os municípios”. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247