Parque estadual amplia capacidade de visitação diária

O Parque Estadual do Ibitipoca ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, em uma área de 1.488 hectares e a unidade de conservação está no local onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul; “Antes, com um limite máximo de 800 pessoas logo cedo o Parque já estava com seu limite, principalmente durante os feriados prolongados e em período de férias escolares”, enfatiza João Carlos Lima, gerente do parque

O Parque Estadual do Ibitipoca ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, em uma área de 1.488 hectares e a unidade de conservação está no local onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul; “Antes, com um limite máximo de 800 pessoas logo cedo o Parque já estava com seu limite, principalmente durante os feriados prolongados e em período de férias escolares”, enfatiza João Carlos Lima, gerente do parque
O Parque Estadual do Ibitipoca ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, em uma área de 1.488 hectares e a unidade de conservação está no local onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul; “Antes, com um limite máximo de 800 pessoas logo cedo o Parque já estava com seu limite, principalmente durante os feriados prolongados e em período de férias escolares”, enfatiza João Carlos Lima, gerente do parque (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Agência Minas - A Secretaria de Estado de Meio Ambiente publicou no Diário Oficial do Estado, na quinta-feira (26/2), portaria que amplia a capacidade de carga do Parque Estadual do Ibitipoca de 800 para 1.200 visitantes diários. O público que visita o Parque, localizado nos municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca, na região da Zona da Mata, poderá programar o passeio com maior tranquilidade e conforto para explorar as áreas verdes, mirantes, grutas, piscinas cachoeiras e picos, após o aumento de 400 pessoas para o uso diário das instalações.

O Parque Estadual do Ibitipoca ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, em uma área de 1.488 hectares e a unidade de conservação está no local onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul. É um dos Parques mais visitados do Estado, um dos mais conhecidos do Brasil e uma das principais atrações turísticas da região, por isso recebe um alto fluxo de visitantes.

O aumento da capacidade foi embasado em estudo realizado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) por meio de profissionais capacitados em estudos geográficos e de impactos ambientais. Com análise foi possível chegar a este número para visitação diária mantendo a preservação integral do Parque.

De acordo com o gerente do Parque Estadual do Ibitipoca, João Carlos Lima, os turistas poderão usufruir com mais tempo os atrativos do Distrito de Conceição do Ibitipoca já que antes era necessário se organizar com maior antecedência para chegar cedo ao Parque e garantir a entrada. “Antes, com um limite máximo de 800 pessoas logo cedo o Parque já estava com seu limite, principalmente durante os feriados prolongados e em período de férias escolares”, enfatiza João.

O benefício atinge também - além dos visitantes - o comércio local como hotéis, campings, pousadas, bares e restaurantes e loja local de souvenires (objetos que resgatam memórias relacionadas ao destino turístico). “Com o aumento do número de visitantes, ganha também o comércio, que será ampliado afetando o desenvolvimento da economia local”, afirma Lima.

Parque Estadual do Ibitipoca

Criado em 4 de julho de 1973, pela Lei nº 6.126. ‘Ibitipoca’, palavra tupi-guarani, significa “Serra que estoura” ou “Serra estourada”, devido a grande incidência de descargas elétricas (raios) ou a grande quantidade de grutas.

A Ponte de Pedra, a Janela do Céu, a Gruta dos Três Arcos e o Pico do Pião são apenas alguns dos atrativos de Ibitipoca que abriga ainda mirantes, grutas, praias, piscina natural, cachoeiras, picos e as belas cachoeiras e piscinas naturais formadas pelos Rios do Salto e Vermelho e o Córrego do Monjolinho. O pico da Lombada, também conhecido como Ibitipoca, com 1.784 metros de altitude, oferece uma vista panorâmica inigualável.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247