Partido Verde adere à chapa DEM-PMDB-PSDB

No Dia Mundial do Meio Ambiente, o Partido Verde (PV) oficializou apoio à pré-candidatura de Paulo Souto, do DEM, ao governo do estado; o ex-governador disse que a união "foi feita às claras com ampla discussão", baseada no documento verde de 43 pontos programáticos, e acrescentou que a nova legenda aliada "vai contribuir para a diversidade que a oposição pretende imprimir na campanha"; o prefeito ACM Neto (DEM) disse que a aliança com os verdes está ajudando a mudar Salvador e vai contribuir muito para a mudança da Bahia

No Dia Mundial do Meio Ambiente, o Partido Verde (PV) oficializou apoio à pré-candidatura de Paulo Souto, do DEM, ao governo do estado; o ex-governador disse que a união "foi feita às claras com ampla discussão", baseada no documento verde de 43 pontos programáticos, e acrescentou que a nova legenda aliada "vai contribuir para a diversidade que a oposição pretende imprimir na campanha"; o prefeito ACM Neto (DEM) disse que a aliança com os verdes está ajudando a mudar Salvador e vai contribuir muito para a mudança da Bahia
No Dia Mundial do Meio Ambiente, o Partido Verde (PV) oficializou apoio à pré-candidatura de Paulo Souto, do DEM, ao governo do estado; o ex-governador disse que a união "foi feita às claras com ampla discussão", baseada no documento verde de 43 pontos programáticos, e acrescentou que a nova legenda aliada "vai contribuir para a diversidade que a oposição pretende imprimir na campanha"; o prefeito ACM Neto (DEM) disse que a aliança com os verdes está ajudando a mudar Salvador e vai contribuir muito para a mudança da Bahia (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - No Dia Mundial do Meio Ambiente, o Partido Verde (PV) oficializou apoio à pré-candidatura de Paulo Souto, do DEM, ao governo do estado. Ato aconteceu na quinta-feira (5) no Hotel Mercure, no Rio Vermelho. O partido já tem aliança com o DEM em nível municipal, na pessoa da vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento.

O ex-governador disse que a união "foi feita às claras com ampla discussão", baseada no documento verde de 43 pontos programáticos, e acrescentou que a nova legenda aliada "vai contribuir para a diversidade que a oposição pretende imprimir na campanha".

Além do consenso quanto às propostas do documento, o presidente estadual do PV, Alan Lacerda, disse que a adesão ao projeto oposicionista se deu pelo desejo de militantes e quadros do partido, bem como pelas pré-candidaturas de Paulo Souto, a governador, e Geddel Vieira Lima (PMDB), a senador, "se adequarem às necessidades do momento da Bahia".

"O momento exige uma nova forma de governar a Bahia. Paulo Souto tem história de retidão e honestidade e já deu provas, quando governador, que se pauta na qualidade técnica e não na politicagem. Geddel é um político aguerrido que vai defender a Bahia no senado", disse Lacerda.

Para o vice-presidente nacional do PV, Edson Duarte, o apoio à chapa de oposição é um gesto de coerência do partido com a sua história. "Nós sempre defendemos o bem-estar público. E temos a coerência de quem pensa no melhor para a Bahia, assim como foi para Salvador".

O prefeito ACM Neto (DEM) disse que a aliança com os verdes está ajudando a mudar Salvador e vai contribuir muito para a mudança da Bahia. Ele informou que, com o PV, de 18 a 19 partidos estarão do lado de Paulo Souto e Geddel nas eleições.

Na avaliação de Geddel Vieira Lima, o apoio do PV qualifica a chapa no processo eleitoral. O presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, disse que os verdes estarão ao lado daqueles que tem amor e zelo pela Bahia.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247