Paulinho da Força pede demissão do 'malandro' Parente

O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, pediu nesta quinta-feira, 24, a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, por conta da política de reajuste de preços dos combustíveis que levou o País ao caos pelo quarto dia com a greve dos caminhoneiros; "Nós temos que apontar a irresponsabilidade desse Pedro Parente. É aquele mesmo que, lá atrás, apagou o Brasil", disse Paulinho; "Presidente Temer deveria demiti-lo pela sua irresponsabilidade de aumentar os preços absurdamente, 12 vezes em um mês. Por isso, Temer, demite esse malandro aí. Porque daqui a pouco a situação vai ficar pior", avisou

O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, pediu nesta quinta-feira, 24, a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, por conta da política de reajuste de preços dos combustíveis que levou o País ao caos pelo quarto dia com a greve dos caminhoneiros; "Nós temos que apontar a irresponsabilidade desse Pedro Parente. É aquele mesmo que, lá atrás, apagou o Brasil", disse Paulinho; "Presidente Temer deveria demiti-lo pela sua irresponsabilidade de aumentar os preços absurdamente, 12 vezes em um mês. Por isso, Temer, demite esse malandro aí. Porque daqui a pouco a situação vai ficar pior", avisou
O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, pediu nesta quinta-feira, 24, a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, por conta da política de reajuste de preços dos combustíveis que levou o País ao caos pelo quarto dia com a greve dos caminhoneiros; "Nós temos que apontar a irresponsabilidade desse Pedro Parente. É aquele mesmo que, lá atrás, apagou o Brasil", disse Paulinho; "Presidente Temer deveria demiti-lo pela sua irresponsabilidade de aumentar os preços absurdamente, 12 vezes em um mês. Por isso, Temer, demite esse malandro aí. Porque daqui a pouco a situação vai ficar pior", avisou (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, pediu nesta quinta-feira, 24, a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, por conta da política de reajuste de preços dos combustíveis que levou o País ao caos pelo quarto dia com a greve dos caminhoneiros. 

"Nós temos que apontar a irresponsabilidade desse Pedro Parente. É aquele mesmo que, lá atrás, apagou o Brasil. Ele é um irresponsável por levar os caminhoneiros à maior greve da história do Brasil, desabastecendo o País e deixando faltar comida na mesa dos brasileiros", disse Paulinho em vídeo divulgado. 

"Presidente Temer deveria demiti-lo pela sua irresponsabilidade de aumentar os preços absurdamente, 12 vezes em um mês. Por isso, Temer, demite esse malandro aí. Porque daqui a pouco a situação vai ficar pior", avisou o deputado aliado do governo. 

Inscreva-se na TV 247 e assista ao depoimento:

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247