Paulinho planeja a marcha do 171

Ao contrário da oposição, que planeja novos protestos para 13 de março –após a data prevista para a votação do impeachment na Câmara–, o deputado Paulo Pereira da Silva (SDD-SP) quer atos em 17 de janeiro para apelidar a manifestação de “a marcha do 171″, segundo a colunista Natuza Nery; ele é o principal aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB)

Ao contrário da oposição, que planeja novos protestos para 13 de março –após a data prevista para a votação do impeachment na Câmara–, o deputado Paulo Pereira da Silva (SDD-SP) quer atos em 17 de janeiro para apelidar a manifestação de “a marcha do 171″, segundo a colunista Natuza Nery; ele é o principal aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB)
Ao contrário da oposição, que planeja novos protestos para 13 de março –após a data prevista para a votação do impeachment na Câmara–, o deputado Paulo Pereira da Silva (SDD-SP) quer atos em 17 de janeiro para apelidar a manifestação de “a marcha do 171″, segundo a colunista Natuza Nery; ele é o principal aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Principal aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), Paulinho da Força planeja a marcha do 171. Leia na nota da colunista Natuza Nery:

Ao contrário da oposição, que planeja novos protestos para 13 de março –após a data prevista para a votação do impeachment na Câmara–, o deputado Paulo Pereira da Silva (SDD-SP) quer atos em 17 de janeiro para apelidar a manifestação de “a marcha do 171″.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email