Paulistanos defendem redução na maioridade penal

Cresce para 93% o número dos moradores da capital paulista que concordam com a diminuição de 18 para 16 anos da idade a partir da qual um adolescente deveria passar a ser responsabilizado criminalmente

Paulistanos defendem redução na maioridade penal
Paulistanos defendem redução na maioridade penal
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Em um contexto de crise na segurança publica em São Paulo, os paulistanos se declaram, em larga maioria, a favor da redução da maioridade penal, de 18 anos para 16.

Segundo pesquisa Datafolha com 600 pessoas, 93% dos moradores da capital paulista concordam com a diminuição. Outros 6% são contra, e 1% não soube responder.

Em consultas anteriores, em 2003 e 2006, a aprovação à medida pelos moradores da cidade foi de 83% e 88%, respectivamente --a margem de erro era de dois pontos.

Sobre a idade a partir da qual um adolescente deveria passar a ser responsabilizado criminalmente, para 35%, jovens de 13 a 15 anos deveriam ser considerados pela lei como adultos. Para 9%, até menores de 13 anos deveriam ter esse tratamento.

Entre as opções sobre o que seria mais eficaz para reduzir a criminalidade, 42% dizem que seria ideal criar políticas públicas mais eficientes para jovens. Outros 52% afirmam que a redução da maioridade penal já implicaria na melhoria dos índices criminais. Há ainda 5% que acreditam que ambas as medidas são necessárias.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247