Paulo Câmara já admite vitória de Prates

O prefeito ACM Neto (DEM) e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Câmara (PSDB), almoçaram na segunda-feira (28) a sós com o objetivo de discutir a construção de uma saída para a disputa à sucessão no comando da Casa; no encontro, Câmara admitiu que já não reúne condições numéricas de derrotar o outro candidato da base governista, Leonardo Prates (DEM), de acordo com publicação do Política Livre; para selar a unidade, o prefeito ofereceu duas secretarias ao tucano, uma das quais seria indicada por ele e o deputado federal Antonio Imbassahy, e a outra, para ser compartilhada entre os deputados federais Jutahy Magalhães e João Gualberto

O prefeito ACM Neto (DEM) e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Câmara (PSDB), almoçaram na segunda-feira (28) a sós com o objetivo de discutir a construção de uma saída para a disputa à sucessão no comando da Casa; no encontro, Câmara admitiu que já não reúne condições numéricas de derrotar o outro candidato da base governista, Leonardo Prates (DEM), de acordo com publicação do Política Livre; para selar a unidade, o prefeito ofereceu duas secretarias ao tucano, uma das quais seria indicada por ele e o deputado federal Antonio Imbassahy, e a outra, para ser compartilhada entre os deputados federais Jutahy Magalhães e João Gualberto
O prefeito ACM Neto (DEM) e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Câmara (PSDB), almoçaram na segunda-feira (28) a sós com o objetivo de discutir a construção de uma saída para a disputa à sucessão no comando da Casa; no encontro, Câmara admitiu que já não reúne condições numéricas de derrotar o outro candidato da base governista, Leonardo Prates (DEM), de acordo com publicação do Política Livre; para selar a unidade, o prefeito ofereceu duas secretarias ao tucano, uma das quais seria indicada por ele e o deputado federal Antonio Imbassahy, e a outra, para ser compartilhada entre os deputados federais Jutahy Magalhães e João Gualberto (Foto: Romulo Faro)

Política Livre - O prefeito ACM Neto (DEM) e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Câmara (PSDB), almoçaram ontem (28) a sós com o objetivo de discutir a construção de uma saída para a disputa à sucessão no comando da Casa. No encontro, realizado em tom ameno e até bem humorado, Câmara admitiu que já não reúne condições numéricas de derrotar o outro candidato da base governista, Leonardo Prates (DEM).

Para selar a unidade, o prefeito ofereceu duas secretarias ao tucano, uma das quais seria indicada por ele e o deputado federal Antonio Imbassahy, e a outra, para ser compartilhada entre os deputados federais Jutahy Magalhães e João Gualberto. Neto gostaria que, desistindo de concorrer contra Prates, o próprio Câmara fizesse parte do primeiro escalão de sua equipe, mas o vereador não deu resposta. Prefere avaliar com cuidado a oferta.

Depois do almoço, Câmara liberou os vereadores que estavam fechados com ele para decidir seu destino.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247