PCdoB realiza encontros preparatórios para a Convenção Estadual

O Comitê Municipal do PCdoB de Fortaleza realizou, na manhã deste domingo (22), sessão municipal da Convenção Eleitoral Estadual com a participação de representantes das diversas bases da capital cearense, pré-candidatos, parlamentares, membros da direção do Partido e lideranças de várias frentes dos movimentos sociais. Além de Fortaleza, foram realizadas neste final de semana sessões municipais do PCdoB em diversos municípios do interior. A expectativa do partido é reunir os comunistas em pelo menos 100 cidades cearenses

PCdoB  realiza encontros preparatórios para a Convenção Estadual
PCdoB realiza encontros preparatórios para a Convenção Estadual

Ceará 247 - O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) realizou ontem (22), o encontro municipal de Fortaleza que elegeu os delegados e delegadas que irão participar da Convenção Eleitoral Estadual, a ser realizada no dia 4 de agosto.

Segundo o estatuto, com o número de pessoas mobilizadas, o Comitê Municipal de Fortaleza poderá indicar até 18 delegados à convenção.

O evento foi realizado no auditório do Comitê Estadual do PCdoB-CE, com militantes de diversos bairros da capital para discutir política, propor ideias e fortalecer o Partido para as eleições de 2018.

Representando o Comitê Estadual, Edilson Cavalcante Fialho conclamou os militantes a se engajar e garantir uma grande vitória do PCdoB nas eleições de 2018. "A retomada dos direitos do povo brasileiro passa, necessariamente, pelo projeto eleitoral do Partido nos estados, confirmando a eleição de grandes, fortes e representativas bancadas comunistas".

O dirigente comunista destacou ainda que "política não é receita de bolo, com ingredientes e modo de preparo". "Tudo o que acontece interfere e influencia diretamente no resultado do processo eleitoral. Vivemos momento de golpe, enfrentaremos a cláusula de barreiras e o fim das coligações, tudo força uma crise de valores e aumento do conservadorismo. Diante disso tudo, nosso debate enquanto partido político tem que fazer uma análise ainda mais ampla, pensando no povo que enfrenta aumento do gás de cozinha e do desemprego, por exemplo. É neste contexto que iremos encarar a batalha nas urnas".

Para enfrentar os desafios, Edilson cita a recente nota aprovada e divulgada pelo Comitê Central do PCdoB que reafirma a necessidade da unidade da esquerda e dos partidos progressistas. "Manuela D'Ávila tem defendido incessantemente este pensamento. Ela representa nossas ideias, mas esse acordo não depende só de nós. Sua pré-candidatura tem conquistado espaços importantes para o debate e a história mostra que o PCdoB sempre foi decisivo em momentos importantes do país. Nós não podemos nos dar ao luxo de uma derrota neste momento político. Isto iria aumentar ainda mais a desgraça do nosso povo e entregar nossas riquezas ao capital estrangeiro", condena.

Falando em nome dos pré-candidatos, o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) ratificou que as eleições já começaram e as campanhas já estão nas ruas. "E nós vamos encontrar o caminho das urnas no meio do povo, pois, neste ano, nossa missão é ainda maior: barrar o avanço da direita, que retira os direitos do povo. Esta disputa não se trata só sobre o projeto do Partido, mas sobre o futuro do país. Temos o dever de aumentar o número de parlamentares comprometidos com o povo. Temos diversos nomes que defendem as mais variadas e justas causas, temos compromisso com a transformação e a convicção de que cada um de nós é um revolucionário", ratifica.

Chico Lopes reforça a necessidade de estar junto ao povo. "Somos os candidatos das portas de fábricas, dos sindicatos, do povo de coragem. Daqui para frente, nosso papel é pedir voto porque ninguém é eleito com bom discurso, mas com exemplo de compromisso e de luta. Aqui neste auditório está cheio de pessoas que sabem fazer política e ninguém fala e faz política, com ideias e propostas como nós, os comunistas", enaltece.

Além de Fortaleza, foram realizadas neste final de semana sessões municipais do PCdoB em Jaguaruana, Novo Oriente, Sobral, Icó, Limoeiro do Norte, São Benedito, Crateús, Caucaia, Tianguá, Aracati, Canindé, Madalena e Iguatu. A expectativa é reunir os comunistas em pelo menos 100 cidades cearenses.

Com informações de vermelho.org.br

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247