Peemedebistas querem Dona Iris fora do páreo

Surge agora dentro do PMDB uma nova crise: candidatos a deputado implicaram com a mulher de Iris Rezende e não querem mais candidatura de Dona Iris; movimento é chamado de #foraDonaIris e tem apoio de lideranças históricas do partido, como Luiz Soyer; "Se a deputada Iris deixar de ser candidata, irá pacificar e aumentar o número de candidatos a deputado. Estará retribuindo toda ajuda que sempre recebeu do Iris", disse o decano peemedebista ao jornal O Popular

dona iris
dona iris (Foto: José Barbacena)

Goiás247 - Surge agora dentro do PMDB uma nova crise: candidatos a deputado implicaram com a esposa de Iris Rezende e não querem mais candidatura de Dona Iris. O movimento é chamado de #foraDonaIris e tem apoio de lideranças históricas do partido como Luiz Soyer.

Na coluna Giro, de O Popular, desta segunda-feira, Soyer diz que o melhor para o PMDB seria Iris de Araújo largar a candidatura a deputada federal. “Se a deputada Iris deixar de ser candidata, irá pacificar e aumentar o número de candidatos a deputado. Estará retribuindo toda ajuda que sempre recebeu do Iris”.

Reportagem do Popular, de Daniel Gondim, mostra que o temor no PMDB é que Iris possa privilegiar a candidatura da companheira e assim esquecer os outros candidatos a deputado. Esse debate não é novidade. Os privilégios do ex-prefeito para a mulher sempre irritam os peemedebistas e já foram motivo de outras desavenças.

A matéria lembra que em 2010 Dona Iris foi a deputada federal mais votada, com 185.934 votos, oriundos em maior parte da força do marido em Goiânia, após seis anos à frente da prefeitura, mandato do qual desincompatibilizou´se para disputar o governo do Estado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247