Pepe Vargas: ‘querem prender o sonho de um País mais justo’

Mais um parlamentar prestou solidariedade ao ex-presidente Lula; desta vez, o deputado federal Pepe Vargas (PT-RS) afirmou que "não só Lula eles querem prender, mas também o sonho de um país mais justo! Jamais deixaremos aprisionar este sonho. A luta continua!"; "O legado de Lula para o Brasil não é o fim, é o meio. A luta continua! Vamos seguir acreditando, por Lula e pelo povo!", disse

Mais um parlamentar prestou solidariedade ao ex-presidente Lula; desta vez, o deputado federal Pepe Vargas (PT-RS) afirmou que "não só Lula eles querem prender, mas também o sonho de um país mais justo! Jamais deixaremos aprisionar este sonho. A luta continua!"; "O legado de Lula para o Brasil não é o fim, é o meio. A luta continua! Vamos seguir acreditando, por Lula e pelo povo!", disse
Mais um parlamentar prestou solidariedade ao ex-presidente Lula; desta vez, o deputado federal Pepe Vargas (PT-RS) afirmou que "não só Lula eles querem prender, mas também o sonho de um país mais justo! Jamais deixaremos aprisionar este sonho. A luta continua!"; "O legado de Lula para o Brasil não é o fim, é o meio. A luta continua! Vamos seguir acreditando, por Lula e pelo povo!", disse (Foto: Leonardo Lucena)

Rio Grande do Sul 247 - Mais um parlamentar prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Desta vez, o deputado federal Pepe Vargas (PT-RS) afirmou que "não só Lula eles querem prender, mas também o sonho de um país mais justo! Jamais deixaremos aprisionar este sonho. A luta continua!".

"O legado de Lula para o Brasil não é o fim, é o meio. A luta continua! Vamos seguir acreditando, por Lula e pelo povo!", disse o congressista no Twitter. "Nelson Mandela foi perseguido, preso e colocado no ostracismo. Mesmo assim, voltou e livrou a África de um regime cruel. Vamos seguir na luta!". 

O juiz federal Sergio Moro deu o prazo de até às 17h desta sexta-feira (6) para Lula se entregar, o que ainda não aconteceu. A ordem de prisão é ilegal, porque ainda não acabaram todos os recursos da defesa do ex-presidente no processo do triplex no Guarujá (SP). O artigo 5º da Constituição Federal prevê que ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença, ou seja, até o término do processo, com o esgotamento dos recursos da defesa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247