Pesquisador da USP é alvo de condução coercitiva

O professor do curso de Gestão de Políticas Públicas da USP e colunista da Folha contou em seu Facebook que foi alvo de condução coercitiva na manhã desta quarta, dia 22. “E a juiza do caso dos meninos presos no ato anti-Temer (aqueles que foram infiltrados pelo capitão do exercito) determinou minha condução coercitiva para um novo testemunho. Muito agradável”, escreveu  

Pablo Ortellado
Pablo Ortellado (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do DCM O professor do curso de Gestão de Políticas Públicas da USP e colunista da Folha contou em seu Facebook que foi alvo de condução coercitiva na manhã desta quarta, dia 22.

Em um dos comentários, ele explica: “Eu fui lá [na delegacia] no dia, eles dispensaram todo mundo e remarcaram, só que esqueceram de avisar. Ela ficou brava e determinou que a PM venha me dar carona”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247