Petrobras já inclui novos poços de Sergipe em seu plano de negócios

No Plano de Negócios e Gestão da Petrobras, apresentado nesta semana para investidores, o Estado de Sergipe aparece como peça importante na perspectiva de aumento da produção de óleo da empresa; área de exploração do Estado é dividida pela petrolífera como Sergipe Águas Profundas I e Sergipe Águas Profundas II; previsão da empresa é de que o primeiro óleo das duas unidades seja extraído entre 2016 e 2020

No Plano de Negócios e Gestão da Petrobras, apresentado nesta semana para investidores, o Estado de Sergipe aparece como peça importante na perspectiva de aumento da produção de óleo da empresa; área de exploração do Estado é dividida pela petrolífera como Sergipe Águas Profundas I e Sergipe Águas Profundas II; previsão da empresa é de que o primeiro óleo das duas unidades seja extraído entre 2016 e 2020
No Plano de Negócios e Gestão da Petrobras, apresentado nesta semana para investidores, o Estado de Sergipe aparece como peça importante na perspectiva de aumento da produção de óleo da empresa; área de exploração do Estado é dividida pela petrolífera como Sergipe Águas Profundas I e Sergipe Águas Profundas II; previsão da empresa é de que o primeiro óleo das duas unidades seja extraído entre 2016 e 2020 (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Valter Lima, do Sergipe 247 - No Plano de Negócios e Gestão da Petrobras, apresentado nesta semana para investidores, Sergipe aparece como peça importante na perspectiva de aumento da produção de óleo da empresa. A área de exploração do Estado é dividida pela petrolífera como Sergipe Águas Profundas I e Sergipe Águas Profundas II. A previsão da empresa é de que o primeiro óleo das duas unidades seja extraído entre 2016 e 2020. A primeira área já está em processo de licitação.

No final do ano passado, a diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, esteve no Estado para a reunião sobre a 12ª rodada de licitações de blocos para exploração de petróleo e gás natural e afirmou que "Sergipe é uma nova fronteira petrolífera do país". Naquela oportunidade, ela ressaltou ainda que o plano de negócios da Petrobras em Sergipe já fala numa pretensão de produção de 100 mil barris, por dia, para o Estado em 2018, fruto das novas descobertas. Atualmente, Sergipe produz 40 mil barris de petróleo por dia. "Em se confirmando as perspectivas da Petrobras, a produção do Estado irá mais do que dobrar", disse.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email