Petrobras negocia devolução de terreno da refinaria

A pauta foi debatida nesta quarta (8) em audiência pública na Câmara dos Deputados. De acordo com o diretor de Abastecimento da petrolífera, Jorge Celestino Ramos, a negociação é uma exigência da legislação brasileira, pela necessidade da empresa dar baixa nos ativos que não usará mais

A pauta foi debatida nesta quarta (8) em audiência pública na Câmara dos Deputados. De acordo com o diretor de Abastecimento da petrolífera, Jorge Celestino Ramos, a negociação é uma exigência da legislação brasileira, pela necessidade da empresa dar baixa nos ativos que não usará mais
A pauta foi debatida nesta quarta (8) em audiência pública na Câmara dos Deputados. De acordo com o diretor de Abastecimento da petrolífera, Jorge Celestino Ramos, a negociação é uma exigência da legislação brasileira, pela necessidade da empresa dar baixa nos ativos que não usará mais (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A Petrobras está negociando a devolução dos terrenos onde seriam instaladas duas refinarias premium, no Ceará e no Maranhão, é o que afirma o diretor de Abastecimento da petrolífera, Jorge Celestino Ramos. A negociação é uma exigência da legislação brasileira, pela necessidade da empresa dar baixa nos ativos que não usará mais.

A pauta foi debatida ontem (8) em uma audiência pública, no plenário da Câmara dos Deputados. Promovido pela comissão externa, o debate discutiu o cancelamento da construção das refinarias, sendo analisados os impactos da suspensão para os dois estados.

De acordo com o diretor de Abastecimento, os estados não foram avisados com antecedência, porque a legislação das sociedades anônimas exige que o mercado financeiro seja informado em primeiro lugar. Isso foi feito por meio de um Fato Relevante divulgado em janeiro passado.

(Do site do jornal Diário do Nordeste)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247