PF apreende 10 mil cestas básicas que seriam usadas para compra de votos em Roraima

A PF apreendeu neste sábado 10 mil cestas básicas e 10 mil kits de higiene num mercado em Boa Vista (RR) que seriam usados para a compra de votos

PF investiga suposto uso de programa do governo de RR para a compra de votos
PF investiga suposto uso de programa do governo de RR para a compra de votos (Foto: Divulgação (PF))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Federal apreendeu neste sábado 10 mil cestas básicas e 10 mil kits de higiene num mercado em Boa Vista, capital de Roraima, que seriam usados para a compra de votos. O valor dos produtos pode ultrapassar R$ 35 milhões, informou a corporação.

"O inquérito policial indica que haveria a intenção de se utilizar programas de assistência do Governo Estadual de Roraima, como a distribuição de cestas básicas e kits de higiene, como forma de pagamento por votos no pleito eleitoral, vinculando o cadastramento para recebimento das ações à garantia do voto conforme determinado", disse.

Em nota, o governo de Roraima afirmou que desconhece qualquer confecção de cestas básicas. "Sob nenhuma circunstância, está utilizando a máquina pública em benefício de qualquer candidato ao pleito eleitoral", afirmou. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247