PF distribui pizza no Aeroporto de Confins

Categoria aproveitou o Dia dos Pais para protestar; "os três cargos da Polícia Federal, escrivão, agente e papiloscopista, estão órfãos do Ministério da Justiça", afirmou o presidente do sindicato; greve começou na última terça-feira

PF distribui pizza no Aeroporto de Confins
PF distribui pizza no Aeroporto de Confins (Foto: Reprodução/TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – Quem esteve no Aeroporto de Confins, em Minas Gerais, neste domingo 12, enfrentou dois protestos. Em greve desde terça-feira 7, agentes da Polícia Federal (PF) realizam Operação Padrão no terminal. Sindicato dos Policiais Federais no Estado de Minas Gerais (Sinpef-MG) também distribuiu pizzas aos passageiros.

Foram dez quilos de uma pizza com 5 metros de cumprimento. Ao todo, 300 em pedaços foram distribuídos em 45 minutos entre passageiros e funcionários. Junto com a massa, as pessoas receberam panfletos com os motivos da greve.

Os sindicalistas pedem mais investimento na PF, com reestruturação da carreira, aumento salarial e contratação de funcionários. O protesto em forma de pizza foi escolhido para mostrar o risco de corrupção com a falta de melhoras na Polícia Federal. Além disso, a pizza faz referência aos processo abertos em decorrência de investigações da corporação.

"Os três cargos da Polícia Federal, escrivão, agente e papiloscopista, estão órfãos do Ministério da Justiça", afirmou o presidente do Sinpef-MG, Renato Figueiredo ao jornal Estadão.

Nenhum voo foi cancelado ou está atrasado no Aeroporto de Confins.

O governo federal prometeu entregar uma proposta para as 30 categorias em greve até sexta-feira 17.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email