PGR reconhece erro em relação a Marco Maia

Em nota, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que o nome do deputado Marco Maia (PT-RS) foi incluído por engano na petição de homologação da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado: "Ao reproduzir os nomes das autoridades foi mencionado na petição o nome (Marco Maia) quando, na realidade, constou do depoimento do colaborador o nome dos parlamentares 'Felipe Maia' e 'José Agripino Maia'", diz

Em nota, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que o nome do deputado Marco Maia (PT-RS) foi incluído por engano na petição de homologação da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado: "Ao reproduzir os nomes das autoridades foi mencionado na petição o nome (Marco Maia) quando, na realidade, constou do depoimento do colaborador o nome dos parlamentares 'Felipe Maia' e 'José Agripino Maia'", diz
Em nota, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que o nome do deputado Marco Maia (PT-RS) foi incluído por engano na petição de homologação da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado: "Ao reproduzir os nomes das autoridades foi mencionado na petição o nome (Marco Maia) quando, na realidade, constou do depoimento do colaborador o nome dos parlamentares 'Felipe Maia' e 'José Agripino Maia'", diz (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Procuradoria-Geral da República divulgou nota nesta quinta-feira (16) de esclarecimento sobre a citação ao deputado Marco Maia (PT-RS) na petição de homologação da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que o nome do parlamentar foi incluído por engano no documento.

"Ao reproduzir os nomes das autoridades foi mencionado na petição o nome (Marco Maia) quando, na realidade, constou do depoimento do colaborador o nome dos parlamentares 'Felipe Maia' e 'José Agripino Maia'", diz a nota.

"O Ministério Público retifica o trecho onde consta o nome de "Marco Maia", visto que os nomes corretos mencionados no depoimento são "Felipe Maia" e "José Agripino Maia"."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247