Piauí assina acordo para melhorar monitoramento de projetos

Representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) participaram do 9º Fórum Regional dos Gestores Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, realizado nos dias 27 e 28 deste mês, em Natal (RN); foi apresentado um estudo acerca das novas ruralidades na perspectiva da agricultura familiar, reafirmando a importância desta atividade rural no contexto da economia nacional e internacional, tanto no âmbito da produção de alimentos, como na preservação ambiental e, principalmente, na questão da sustentabilidade econômica

Representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) participaram do 9º Fórum Regional dos Gestores Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, realizado nos dias 27 e 28 deste mês, em Natal (RN); foi apresentado um estudo acerca das novas ruralidades na perspectiva da agricultura familiar, reafirmando a importância desta atividade rural no contexto da economia nacional e internacional, tanto no âmbito da produção de alimentos, como na preservação ambiental e, principalmente, na questão da sustentabilidade econômica
Representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) participaram do 9º Fórum Regional dos Gestores Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, realizado nos dias 27 e 28 deste mês, em Natal (RN); foi apresentado um estudo acerca das novas ruralidades na perspectiva da agricultura familiar, reafirmando a importância desta atividade rural no contexto da economia nacional e internacional, tanto no âmbito da produção de alimentos, como na preservação ambiental e, principalmente, na questão da sustentabilidade econômica (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Larissa Machado

Representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) participaram do 9º Fórum Regional dos Gestores Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, realizado nos dias 27 e 28 deste mês, em Natal (RN). O evento teve como objetivo discutir políticas públicas para desenvolver o setor da agricultura familiar em toda a região.

Na ocasião, foi apresentado um estudo acerca das novas ruralidades na perspectiva da agricultura familiar, reafirmando a importância desta atividade rural no contexto da economia nacional e internacional, tanto no âmbito da produção de alimentos, como na preservação ambiental e, principalmente, na questão da sustentabilidade econômica.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, outro momento de grande relevância no fórum foi a apresentação de experiências de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) que estão sendo implementadas em alguns estados. “O fórum reafirmou a importância estratégica que tem para a implementação das políticas públicas voltadas para a agricultura familiar em um momento em que o Brasil enfrenta várias turbulências acerca da implementação destas políticas”, ressaltou Francisco Limma.

Durante o evento, também foi discutida uma nova metodologia de avaliação das perdas das safras a ser tratada com a coordenação nacional do projeto Garantia Safra. Trata-se de uma experiência que foi apresentada pelo Ceará, que está reavaliando o método adotado, anteriormente, que traz imperícias e imprecisões na avaliação dos impactos.

Ainda em Natal, a SDR assinou contrato de consultoria com a LVieira, empresa do Rio Grande do Norte que desenvolveu o sistema Sigma de monitoramento e avaliação (M&A) para o Banco Mundial. E o Governo do Piauí conseguiu, por meio de acordo de cooperação técnica, a cessão desse sistema junto ao Governo do Rio Grande do Norte para que seja feita a customização para adaptar as condições e a realidade das políticas públicas executadas pelo Estado do Piauí. A ação vai contemplar projetos e programas executados pela SDR, como o Progere e Viva o Semiárido, além de outros do Estado em geral.

Por esse sistema, todos os projetos estarão interligados ao setor financeiro do Banco Mundial e do Fida; e ainda aos sistemas da Seplan, Sefaz, Cepro, dentre as demais pastas do Estado.

O diretor de Inclusão Produtiva da SDR, Francisco das Chagas Ribeiro, afirmou que a integração vai ser importante por reduzir o gasto com tempo e aumentar a segurança das informações obtidas por esse método. “Outro ponto relevante desta parceria é que será possível obter dados de sistemas federais, a exemplo do Dapweb, que cuida das declarações de aptidão para o Pronaf, além do sistema que controla o Bolsa Família e dos demais programas de distribuição de renda. Com isso, poderemos melhorar o M&A dos projetos e programas executados, principalmente pela SDR”, finalizou Francisco das Chagas.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247