Pimentel comemora retomada das obras da transposição do São Francisco

 “Com essa retomada, esperamos que a obra seja concluída porque é uma obra necessária, importantíssima para nós do Nordeste, particularmente do Ceará e da nossa capital, Fortaleza. No Nordeste Setentrional, essas águas irão beneficiar algo em torno de 12 milhões de pessoas”, destacou o senador José Pimentel (PT-CE), sobre a autorização para a retomada das obras de transposição do Rio São Francisco - Eixo Norte

 “Com essa retomada, esperamos que a obra seja concluída porque é uma obra necessária, importantíssima para nós do Nordeste, particularmente do Ceará e da nossa capital, Fortaleza. No Nordeste Setentrional, essas águas irão beneficiar algo em torno de 12 milhões de pessoas”, destacou o senador José Pimentel (PT-CE), sobre a autorização para a retomada das obras de transposição do Rio São Francisco - Eixo Norte
 “Com essa retomada, esperamos que a obra seja concluída porque é uma obra necessária, importantíssima para nós do Nordeste, particularmente do Ceará e da nossa capital, Fortaleza. No Nordeste Setentrional, essas águas irão beneficiar algo em torno de 12 milhões de pessoas”, destacou o senador José Pimentel (PT-CE), sobre a autorização para a retomada das obras de transposição do Rio São Francisco - Eixo Norte (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - A retomada da obra do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco, no trecho entre Cabrobó (PE) e Jati (CE), foi comemorada pelo senador José Pimentel (PT-CE), em pronunciamento no plenário do Senado. A ordem de serviço para o reinício da obra foi assinada ontem (20) no gabinete do presidente do Senado, Eunício Oliveira. O Eixo Norte está com 94% das obras concluídas e abastecerá o Ceará.

Segundo Pimentel, “com essa retomada, esperamos que a obra seja concluída porque é uma obra necessária, importantíssima para nós do Nordeste, particularmente do Ceará e da nossa capital, Fortaleza. No Nordeste Setentrional, essas águas irão beneficiar algo em torno de 12 milhões de pessoas”, destacou.

 A assinatura da ordem de serviço ocorreu após decisão da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, adotada ontem. O STF cassou os efeitos da decisão proferida por desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que havia determinado a paralisação da licitação para as obras do Eixo Norte.

 A ministra Cármen Lúcia acatou os argumentos da Advocacia Geral da União (AGU) de que a paralisação da obra representava risco de lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia públicas, que poderia comprometer “ o fornecimento de água para as regiões mais carentes do nordeste brasileiro”, inclusive na região metropolitana de Fortaleza/CE, cidade com aproximadamente 4,5 milhões de habitantes.

 A cassação da liminar ocorreu uma semana depois do assunto ser discutido com a presidente do STF em audiência que contou com a participação do presidente do Senado; do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho; além dos governadores do Ceará, Camilo Santana; da Paraíba, Ricardo Coutinho; do Rio Grande do Norte, Robinson Faria; e do vice-governador de Pernambuco, Raul Henry.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247