Pimentel decreta luto de 3 dias em Minas por tragédia em Janaúba

O governador Fernando Pimentel (PT) decretou luto oficial de três dias em Minas Gerais em razão da tragédia ocorrida nesta quinta-feira 5 no município de Janaúba, Norte do Estado, onde um vigia ateou fogo em uma creche, matando quatro crianças e uma professora, além dele mesmo; o governador já está na cidade, onde acompanha os trabalhos dos socorristas

O governador Fernando Pimentel (PT) decretou luto oficial de três dias em Minas Gerais em razão da tragédia ocorrida nesta quinta-feira 5 no município de Janaúba, Norte do Estado, onde um vigia ateou fogo em uma creche, matando quatro crianças e uma professora, além dele mesmo; o governador já está na cidade, onde acompanha os trabalhos dos socorristas
O governador Fernando Pimentel (PT) decretou luto oficial de três dias em Minas Gerais em razão da tragédia ocorrida nesta quinta-feira 5 no município de Janaúba, Norte do Estado, onde um vigia ateou fogo em uma creche, matando quatro crianças e uma professora, além dele mesmo; o governador já está na cidade, onde acompanha os trabalhos dos socorristas (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O governador Fernando Pimentel (PT) decretou luto oficial de três dias em Minas Gerais em razão da tragédia ocorrida nesta quinta-feira 5 no município de Janaúba, Norte do Estado.

O vigia de uma creche na cidade, Damião Soares dos Santos, ateou fogo no local, matando quatro crianças e uma professora. Ele chegou a ser internado em estado grave, pois ateou fogo também em seu próprio corpo, mas não resistiu. O governador acompanha os trabalhos dos socorristas em Janaúba.

Confira a nota divulgada pelo governo:

Nota à imprensa – Luto Oficial

O governador Fernando Pimentel decretou luto oficial de três dias no estado em razão da tragédia ocorrida nesta quinta-feira (05/10) no município de Janaúba, no Norte de Minas Gerais. O governador já está na cidade, onde acompanha os trabalhos dos socorristas.

Todas as forças de Saúde Pública e de segurança do Estado – Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil – estão mobilizadas, desde a manhã de hoje, nas operações de resgate e salvamento. Um posto de comando emergencial foi instalado no local para alinhar todos os esforços dos órgãos públicos envolvidos.

Governo do Estado de Minas Gerais

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247