Pimentel: ‘democracia está em crise, mas é possível superá-la com trabalho’

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, destacou os sacrifícios da vida pública no atual momento político do País; “Fui eleito e, desde o primeiro dia, sofri e tenho sofrido ataques constantes, quase que diários, calúnias, mentiras, injustiças, agressões através da mídia e da imprensa lançadas contra mim, contra nós, até contra a minha família, mas estamos resistindo”, disse ele, indiciado pela PF na Operação Acrônimo; e acordo com o governador, o Brasil passa por uma crise em sua democracia, mas que é possível superá-la com trabalho

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, destacou os sacrifícios da vida pública no atual momento político do País; “Fui eleito e, desde o primeiro dia, sofri e tenho sofrido ataques constantes, quase que diários, calúnias, mentiras, injustiças, agressões através da mídia e da imprensa lançadas contra mim, contra nós, até contra a minha família, mas estamos resistindo”, disse ele, indiciado pela PF na Operação Acrônimo; e acordo com o governador, o Brasil passa por uma crise em sua democracia, mas que é possível superá-la com trabalho
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, destacou os sacrifícios da vida pública no atual momento político do País; “Fui eleito e, desde o primeiro dia, sofri e tenho sofrido ataques constantes, quase que diários, calúnias, mentiras, injustiças, agressões através da mídia e da imprensa lançadas contra mim, contra nós, até contra a minha família, mas estamos resistindo”, disse ele, indiciado pela PF na Operação Acrônimo; e acordo com o governador, o Brasil passa por uma crise em sua democracia, mas que é possível superá-la com trabalho (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, destacou os sacrifícios da vida pública no atual momento político do País. “Fui eleito e, desde o primeiro dia, sofri e tenho sofrido ataques constantes, quase que diários, calúnias, mentiras, injustiças, agressões através da mídia e da imprensa lançadas contra mim, contra nós, até contra a minha família, mas estamos resistindo”, disse ele, indiciado pela Polícia Federal na Operação Acrônimo.

De acordo com o governador, o Brasil passa por uma crise em sua democracia, mas que é possível superá-la com trabalho. “Infelizmente, temos esses percalços, mas nós não desanimaremos. Vamos levantar todos os dias e trabalhar”, garantiu Pimentel  em Divino, no Território Mata, onde entregou as obras de recuperação do trecho da Rodovia MG-265, entre o entroncamento da BR-116 e a cidade.

Segundo as investigações da PF, Pimentel recebeu vantagens indevidas para facilitar a liberação de financiamentos do BNDES a projetos da Odebrecht em Moçambique e na Argentina.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247