Pimentel diz assumir tarefa de “mudar Minas Gerais”

Ex-prefeito de Belo Horizonte foi confirmado na noite desta sexta-feira, em evento do PT com a presidente Dilma e o ex-presidente Lula, como pré-candidato do partido ao governo do estado; em seu discurso, ex-ministro atacou tucanos - "o governo do estado virou as costas para o povo" - e agradeceu aos militantes por delegarem a ele a tarefa de "mudar Minas Gerais"

Ex-prefeito de Belo Horizonte foi confirmado na noite desta sexta-feira, em evento do PT com a presidente Dilma e o ex-presidente Lula, como pré-candidato do partido ao governo do estado; em seu discurso, ex-ministro atacou tucanos - "o governo do estado virou as costas para o povo" - e agradeceu aos militantes por delegarem a ele a tarefa de "mudar Minas Gerais"
Ex-prefeito de Belo Horizonte foi confirmado na noite desta sexta-feira, em evento do PT com a presidente Dilma e o ex-presidente Lula, como pré-candidato do partido ao governo do estado; em seu discurso, ex-ministro atacou tucanos - "o governo do estado virou as costas para o povo" - e agradeceu aos militantes por delegarem a ele a tarefa de "mudar Minas Gerais" (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 – O ex-ministro do Desenvolvimento Fernando Pimentel foi confirmado, durante evento do PT na noite desta sexta-feira 30, como pré-candidato do partido ao governo de Minas. Em seu discurso, ele agradeceu aos militantes por delegarem a ele a tarefa de "mudar Minas Gerais".

Ao lado da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, Pimentel criticou a gestão do PSDB, que governa Minas há 12 anos. "O governo do estado virou as costas para o povo, não ouve, não respeita a sabedoria do povo, e o povo sabe o que quer", atacou, acrescentando que existe "ausência completa" do executivo estadual.

Fernando Pimentel criticou a transferência de responsabilidades, se referindo ao argumento do PSDB de que o crescimento exponencial da violência em Minas Gerais seria causado pela ausência de policiamento nas fronteiras.

"O que não dá certo a culpa é nossa. Quando dá certo é porque eles trabalharam muito. Não dá... eles subestimam a inteligência dos mineiros. O Anel Rodoviário, eles reclamam do governo federal, mas o dinheiro está disponível para fazer o projeto. A presidenta Dilma delegou ao governo de Minas porque achava que teria agilidade, mas o estado não teve coordenação nem planejamento para fazer", disse.

O pré-candidato ao governo de Minas convocou delegados e militantes do PT e de partidos aliados a ir para as ruas nas próximas eleições. "A frase 'Minas são muitas', do Guimarães Rosa, não pode ficar só na poesia. Se Minas são muitas, nós também teremos que ser muitos, em cada região, em cada cidade", ressaltou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247