Pinheiro pode disputar prefeitura pelo PSD

A desfiliação do senador Walter Pinheiro mexeu com o cenário político baiano, e além das apostas sobre seu novo partido, os bastidores estão movimentados também com informação de que ele pode ser candidato a prefeito de Salvador neste ano; daria-lhe legenda, segundo o jornal Tribuna da Bahia, o PSD, partido que integra a base do governador Rui Costa na Assembleia Legislativa; Pinheiro, contudo ainda não disse qual será sua nova legenda

A desfiliação do senador Walter Pinheiro mexeu com o cenário político baiano, e além das apostas sobre seu novo partido, os bastidores estão movimentados também com informação de que ele pode ser candidato a prefeito de Salvador neste ano; daria-lhe legenda, segundo o jornal Tribuna da Bahia, o PSD, partido que integra a base do governador Rui Costa na Assembleia Legislativa; Pinheiro, contudo ainda não disse qual será sua nova legenda
A desfiliação do senador Walter Pinheiro mexeu com o cenário político baiano, e além das apostas sobre seu novo partido, os bastidores estão movimentados também com informação de que ele pode ser candidato a prefeito de Salvador neste ano; daria-lhe legenda, segundo o jornal Tribuna da Bahia, o PSD, partido que integra a base do governador Rui Costa na Assembleia Legislativa; Pinheiro, contudo ainda não disse qual será sua nova legenda (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - No dia em que o governo da presidente Dilma Rousseff perdeu seu maior aliado, o PMDB, o senador baiano Walter Pinheiro decidiu deixar o PT, após 33 anos de caminhada.

Ele não disse para qual partido vai, mas deu sinais de que pode disputar a prefeitura de Salvador mais uma vez (foi candidato em 2008), em outubro próximo.

Em discurso de despedida do PT, ontem (29) no plenário do Senado, Pinheiro fez várias declarações de amor à capital, o que agitou os bastidores da corrida municipal. Segundo o jornal Tribuna da Bahia, o senador deve entrar no pleito pelo PSD.

"Óbvio que os soteropolitanos, com todo o esforço empreendido ao longo desses anos todos, ainda reclamam muito de uma cidade que efetivamente cresceu, ou melhor, em certa medida, inchou. Hoje estamos numa perspectiva positiva da cidade ganhar uma estrutura de mobilidade compatível com as necessidades de uma cidade que durante muito tempo se transformou numa 'Meca', por conta exatamente da concentração", disse o senador.

Pinheiro também defendeu "a necessidade de buscar novas vocações para o desenvolvimento econômico" da capital baiana. "Salvador é uma cidade que perdeu sua vocação industrial. (...) Essa cidade baixa, onde tínhamos fabricas têxteis e indústrias de sabão, toda essa parte foi desativada, e era exatamente a região industrial, e isso não foi substituído por nada".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247