Pintura “espontânea” de muro de Doria teve ajuda de funcionária da Prefeitura

Comemorada pelo prefeito de São Paulo, João Doria, a pintura "espontânea" do muro de sua casa após pichação em 15 de julho teve a participação de uma funcionária da Prefeitura; Ligada ao Movimento Brasil Livre e funcionária da subprefeitura de Pinheiros, Paloma Oliva foi uma das participantes do "mutirão cívico" na casa de Doria

Comemorada pelo prefeito de São Paulo, João Doria, a pintura "espontânea" do muro de sua casa após pichação em 15 de julho teve a participação de uma funcionária da Prefeitura; Ligada ao Movimento Brasil Livre e funcionária da subprefeitura de Pinheiros, Paloma Oliva foi uma das participantes do "mutirão cívico" na casa de Doria
Comemorada pelo prefeito de São Paulo, João Doria, a pintura "espontânea" do muro de sua casa após pichação em 15 de julho teve a participação de uma funcionária da Prefeitura; Ligada ao Movimento Brasil Livre e funcionária da subprefeitura de Pinheiros, Paloma Oliva foi uma das participantes do "mutirão cívico" na casa de Doria (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 -  Comemorada por João Doria (PSDB) como uma atitude "espontânea", a pintura do muro de sua residência após ter sido pichada por manifestantes contou com a participação de uma funcionária da Prefeitura de São Paulo. No dia 15 de julho, o prefeito de São Paulo agradeceu à manifestação espontânea. 

Paloma Oliva, 22, supervisora de Esporte e Lazer da prefeitura regional de Pinheiros, aparece no vídeo. Ela é integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), grupo que mandou mais representantes para a ação, e também participa da equipe de comunicação do prefeito regional, Paulo Mathias. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Paloma disse ter sido convidada pelo MBL e resolveu topar a empreitada.

Já o subprefeito de Pinheiros, Paulo Mathias parece não ver problemas na ação da funcionária. "Ele elogiou, achou muito bacana. Ele adora saber que os funcionários dele são engajados politicamente", afirmou Paloma. "Fiquei muito feliz com o gesto cívico e a parabenizei por ele", disse Mathias ao jornal. 

Conhecido por seguir fielmente a cartilha política do prefeito, o prefeito regional se envolveu em polêmica relacionada a seus funcionários no início do ano. Ele ficou conhecido por dizer que os funcionários dormiriam no trabalho, de modo a evitar a greve no transporte público.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247